Textos de Provérbios sobre Honestidade

Provérbios 11:1 Balança enganosa é abominação para o SENHOR, mas o peso justo é o seu prazer.

Provérbios 15:27 O que é ávido por lucro desonesto transtorna a sua casa, mas o que odeia o suborno, esse viverá.

Provérbios 16:8 Melhor é o pouco, havendo justiça, do que grandes rendimentos com injustiça.

Provérbios 16:11 Peso e balança justos pertencem ao SENHOR; obra sua são todos os pesos da bolsa.

Provérbios 17:8 Pedra mágica é o suborno aos olhos de quem o dá, e para onde quer que se volte terá seu proveito.

Provérbios 20:17 Suave é ao homem o pão ganho por fraude, mas, depois, a sua boca se encherá de pedrinhas de areia.

Provérbios 20:23 Dois pesos são coisa abominável ao SENHOR, e balança enganosa não é boa.

Provérbios 21:8 Tortuoso é o caminho do homem carregado de culpa, mas reto, o proceder do honesto.

Provérbios 20:14 Nada vale, nada vale, diz o comprador, mas, indo-se, então, se gaba.

Provérbios 29.24 O que tem parte com o ladrão aborrece a própria alma; ouve as maldições e nada denuncia.

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.