Últimos dias, tempos difíceis. Como vivê-los em Cristo?

Últimos dias, tempos difíceis. Como vivê-los em Cristo?

MP3 | 2 downloads | 19,3 MB

Esta palavra foi ministrada no Derby há alguns dias, e iremos compartilhar hoje. Não se trata de repetir algo que foi dito mesmo porque Paulo diz que repetição, falar as mesmas coisas é segurança.

1 Timóteo 4:1-2 – Muitos abandonarão a fé.

Primeiro quem está falando é o Espírito Santo. Paulo deixa claro para os irmãos que é o Espírito quem afirma tais coisas.

Explicação: O que são os últimos dias?

Alguns pensam que são os dias que antecedem a vinda de Cristo – Não sabemos e o próprio Jesus disse que não sabe o dia de sua vinda. Mas os últimos dias não são os dias que antecedem Sua volta (faltando 3 meses por exemplo).

Quando lemos no Novo Testamento “últimos dias ou últimos tempos”, significa um período de tempo que começou com a primeira vinda de Jesus e termina com a segunda vinda. Tudo que estiver acontecendo na humanidade dentro deste período está nos últimos tempos. O livro de Daniel diz que esta é a última das setenta semanas.

Na primeira carta de João no capítulo 2, ele chama de última hora.

Então últimos tempos, últimos dias e últimas horas são o nosso tempo, é agora, é hoje. Não pense que algo para o futuro. Devemos nos preocupar com esse tempo.

Paulo aprofunda dizendo: “como são” e não “como serão” os homens desses últimos dias.

2 Timóteo 3:1-11

Paulo descreve as características das pessoas (caráter) nos últimos dias:

  • Egoístas;
  • Avarentos;
  • Jactanciosos (vaidoso)
  • Orgulhoso;
  • Arrogante;
  • Blasfemadores
  • Desobedientes aos pais;
  • Ingratos;
  • Irreverentes;
  • Desafeiçoados (sem afeição)
  • Implacáveis (irreconciliáveis);
  • Caluniadores;
  • Sem domínio de si;
  • Cruéis;
  • Inimigos do bem;
  • Traidores;
  • Atrevidos;
  • Enfatuados (convencido);
  • Pedante;
  • Presunçoso;
  • Mais amigos dos prazeres do que de Deus;
  • Tendo forma (aparência) de piedade.

Ao descrever estas características, Paulo diz para Timóteo fugir destes, o que significa que Timóteo naquele tempo já estava nos últimos dias.

Detalhe:
Paulo cita nesse trecho dois nomes: Janes e Jambres. Quem são estes?

No trecho diz que eles resistiram a Moisés (a partir de Êxodo 7), mas, se procurarmos no livro de Êxodo não encontraremos estes nomes. Na tradição Judaica atribui-se estes nomes àqueles dois mágicos que trabalhavam pra Faraó que resistiram a Moisés.

2 Timóteo 4:3-4 – Mais características dos últimos dias.

Mas homens de nossa época estarão escolhendo de forma religiosa ajuntar mestres para si mesmos. Há pessoas que não querem saber de Deus, mas há outras que querem enganar a si mesmas endurecendo seus corações para a verdade daquilo que Deus está falando por outro lado não abrem mão da aparência religiosa e irão procurar mestres que digam o que querem ouvir e não a sã doutrina.

Sã doutrina = Evangelho do Reino, Palavra de Deus.

Quando Paulo cita as características dos últimos dias em 2 Timóteo 3:14 ele diz a Timóteo: “Tu porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado.”

Esse trecho deixa claro que é possível alguém que conhece a sã doutrina se desviar dela.
Hebreus 2:1 – Devemos nos apegar com mais firmeza nas verdades ouvidas para que não desviar-nos.
Quando se fala que nos últimos dias muitos apostatarão da fé, só vão apostatar da fé aqueles que um dia andaram na fé.

Então no que precisamos no apegar? No que precisamos permanecer?

Porque falando dos últimos dias Jesus disse: “mas aquele que perseverar até o fim será salvo.” Mateus 24:10-13

Perseverança dá ideia de esforço, luta, dificuldade…

Resumindo em quatro pontos:

1 – Manter o foco

1 Pedro 1:13-15 – A primeira coisa que é falado neste trecho é Cingir o entendimento.

O que é cingir?

Os homens daquela época usavam vestes compridas e caminhavam sem problemas e andavam sem problemas, mas quando precisavam andar percursos maiores e com mais velocidade, eles prendiam a barra de sua veste na cintura de modo que as pernas ficavam mais livres para caminhar.

Então o Espírito diz que precisamos fazer a mesma coisa com nosso entendimento, manter o foco, ajustar a conduta para uma finalidade.

1 Pedro 2:11 – Paulo afirma que somos estrangeiros e peregrinos.

O que significa forasteiro e peregrino?

Forasteiro = estrangeiro que não pertence por nascimento ao país.

Peregrino = alguém que está de passagem pela cidade.

Precisamos cingir em nossa mente, manter o foco que somos estrangeiros neste mundo e estamos de passagem. Deus não quer que façamos raízes nem ficar tranquilos neste mundo.

Precisamos manter o foco no que nós somos porque senão seremos embaixadores que se acostumam e começam a adquirir a cultura e os costumes do país onde ele está.

Em Efésios 2 diz que éramos filhos da desobediência mas agora somos em Cristo filhos da obediência, por esse motivo Pedro diz: “não se amolde a forma deste mundo…”

O autor de da carta aos Hebreus diz que devemos deixar o pecado e as coisas que tão de perto nos rodeiam, ou seja, as outras coisas que não são pecado.

Tem coisas que não são pecados, mas que se usarmos, estamos diminuindo o tempo que seria para as coisas de Deus.

Precisamos ter consciência do que a doutrina do mundo propõe.

Desobediência, rebelião e independência contra Deus;

2 – Cumprir a finalidade da sua vida – O propósito do seu chamado.

1 Pedro 2:9 – Neste texto temos uma declaração do que aquele que está em Cristo é:
Raça eleita;
Sacerdócio real;
Nação santa;
Povo de propriedade exclusiva de Deus.
Na primeira parte declara-se o que somos e na segunda parte, que tudo isso tem uma finalidade. Para proclamar as virtudes (as grandezas) daquele que nos tirou das travas para sua maravilhosa luz.

Detalhe: Podemos ter o melhor equipamento, mas se ele for guardado, depois de alguns anos ele não funciona. O equipamento não foi feito para ser guardado da mesma forma que o sal não foi feito para estar dentro do saleiro.

Lembrando a história de Cornélio – Ele era um homem que dava esmolas, temente a Deus, orava frequentemente – um dia um anjo apareceu a Cornélio e disse apenas o endereço de Pedro para que ele fosse chamado e pregasse o evangelho.

Pergunta: O anjo não podia ter pregado o Evangelho?

Resposta: Sim e não.

Sim, se Deus tivesse mandado.
Não, Deus fez a sua obra de tal maneira de que Seu corpo é que deve fazer isto.

Outra situação: conversão de Paulo – Ele vê a Cristo e nesse momento Cristo poderia ter pregado o Evangelho, mas não foi o que aconteceu. Jesus diz para ele ir para a cidade e lá Ananias é designado para pregar para Paulo.

Nós fomos criados com uma finalidade e se essa finalidade não estiver em prática, vamos nos perder. Nosso chamado não é para um fim de semana em uma cidade do interior, é um estilo de vida.

Voltando para 1 Timóteo 1:15 – Neste trecho vemos que Cristo veio ao mundo para salvar os pecadores e se a igreja é o corpo de Cristo, qual é a finalidade da nossa vida?

O “cabeça” não está mais no mundo, porém o seu corpo está!

Marcos 16:15-16 – Ordem de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho” – não é sugestão, é ordem! Pregar a todos sem distinção!

Ele quer salvar e a maneira que ele estabeleceu para alguém ser salvo passa pela pregação do evangelho.
O que um pecador precisa para ser salvo? Para entender melhor vemos – “Por que: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram falar? e como ouvirão, se não há quem pregue?” – Romanos 10:13-14
A única possibilidade de alguém ter fé e ser salvo é mediante a pregação.

“A fé vem pelo ouvir e o ouvir a palavra…”

3 – Intimidade

Sem intimidade não vamos conseguir cumprir a finalidade nem manter o foco.

Em Jeremias 2:1-3a – Uma ordem do Senhor a Jeremias

O Senhor reclama da nossa condição atual, afirmando que antes agíamos como noivos/noivas, |O amávamos, tínhamos afeição por Ele, tínhamos intimidade com Ele.

É interessante perceber Deus reclamando porque Ele é o criador, poderia simplesmente desistir de tudo, mas ao contrário disso, Ele nos lembra do nosso amor por ele e demonstra saudade.

Intimidade com Jesus é mais que ler 3 capítulos da bíblia em um dia, é mais que quinze minutos de oração por dia. Não dizendo que sejam ruins tais coisas, mas se o nosso objetivo for apenas esse e ficarmos conformados com isso? Não temos intimidade.

Jeremias 2:13 – Deus fala de intimidade – “Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas.”

Mas intimidade não é pela oração e pela palavra? Sim, mas não é somente por estas coisas.

Exemplo: os fariseus. Eles tinham oração e palavra, mas não conheciam a Jesus.

Conhecer a palavra não é apenas ler, e sim meditar, gastar tempo e buscar compreender cada palavra lida.

Então a intimidade leva à obediência, produz vontade ardente de obedecer ao Senhor e vai além disso, o Espírito nos ajuda a fazer a vontade de Deus.

Salmos 139:23-24 – Conhecer intimamente a Deus nos leva a deixar a religiosidade.

Davi era íntimo de Deus. Um dia o Senhor o falou: “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.” – Salmos 32:8
Deus não diz que vai andar o caminho de Davi, mas diz que vai guiá-lo debaixo das suas vistas o que significa ver de perto, observar de perto.

4 – Crescer na dependência e na confiança do Corpo de Cristo

Abandonar o isolamento. O solitário procura seus próprios interesses e se rebela contra a verdadeira sabedoria. Não é possível viver nos últimos tempos isoladamente. Não é uma vida para ministérios isolados.

2 Timóteo 2:22 – “Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor.”

Guardar a fé até o fim não está entre aqueles que o Espírito diz: “muitos apostatarão da fé”, mas Jesus diz: “o que perseverar até o fim será salvo”.

Perguntas para meditar e compartilhar:

Textos Lidos:

1 Timóteo 4.1,2

2 Timóteo 3.1-9

2 Timóteo 4.3,4

1 Pedro 1.13-15 + 1 Pedro 2.11 + 1 João 2.15

1 Pedro 2.9 + 1 Timóteo 1.15 + Marcos 16.15 + Romanos 10.13,14

Jeremias 2.2,13 + Salmos 139.23,24 + Salmos 32.8 + Efésios 6.17,18 + 2 Timóteo 2.15

1. Releia devagar e com atenção o texto de 2 Timóteo 3.1-9. Em seguida responda: nesses traços de caráter encontro alguma identificação comigo? Em minha vida luto contra alguma (ou algumas) dessas características? Como se expressam no meu viver diário?

2. Releia 1 Pedro 1.13-15, 1 Pedro 2.11 e 1 João 2.15. Tenho vivido como filho da obediência, “mantendo o foco” no estilo de vida da nova criatura que sou em Jesus? Que coisas do mundo ainda me atraem e despertam a minha atenção/desejo, e das quais preciso ser liberto?

3. De acordo com 1 Pedro 2.9, Mc 16.15 e Romanos 10.13,14 há uma finalidade, um chamado, um propósito claramente definido por Deus para os seus filhos nesse mundo. Que propósito é esse? Como o tenho colocado em prática em minha vida? De que maneira posso praticá-lo?

4. Meditando em Jr 2.2,13, Salmos 139.23,24 e Salmos 32.8 como diria que está minha vida de intimidade com Deus (o meu Pai eterno) e Jesus, meu Senhor amado: uma vida de saudável e afetuosa confiança e dependência ou um relacionamento mais próximo da religiosidade? Que decisões preciso tomar para iniciar/crescer nessa intimidade?

5. Como está minha comunhão com o Corpo de Cristo? Tenho pendência(s) com algum irmão ou irmã? Tenho servido aos irmãos com os dons que Deus me concedeu? Sempre me sinto bem quando estou junto dos irmãos, ou há algo que me trás “peso” e/ou desconforto nessa comunhão?

Culto ministrado por Fernando Leão – Cabugá

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.