Três Passos para Gozar a Vida e ter Dias Felizes

Três Passos para Gozar a Vida e ter Dias Felizes

“Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente; aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a paz e empenhe-se por alcançá-la. Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males.” 1 Pedro 3:10-12 (RA)

“Como dizem as Escrituras Sagradas: “Quem quiser gozar a vida e ter dias felizes não fale coisas más e não conte mentiras. Afaste-se do mal e faça o bem; procure a paz e faça tudo para alcançá-la. Pois o Senhor olha com atenção as pessoas honestas e ouve os seus pedidos, porém é contra os que fazem o mal.” 1 Pedro 3:10-12 (NTLH)

Amar a vida e ver dias felizes! Quem não quer?

Neste primeiro encontro de 2012 sugiro sonharmos com dias melhores em nossa relação familiar. Não somente sonharmos, mas tomarmos uma decisão e nos movermos por fé para alcançarmos a paz (v.11)

Mas como podemos, na prática, experimentar dias melhores?

“…refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente”(v.10)

O bom uso das palavras é essencial para nos conduzir aos “dias bons” (RC)

No entanto, fechar a má fonte é uma etapa que antecede o abrir da boa fonte.

O que acontece conosco?

Todos nós estamos num processo de aperfeiçoamento e santificação. Até o dia de Cristo Jesus Deus completará sua obra em nossas vidas (Fp.1.6)

O progresso da obra que Deus está realizando através do Espírito Santo em nós é comprovado pela transformação do nosso caráter. E um eficaz termômetro desta transformação é o domínio da língua (Tg.3)

É imperativo aprender a controlar este pequenino e poderoso membro.

Os 3 passos para gozar a vida e ter dias felizes

Passo 1

Refrear a língua do mal Enquanto vamos amadurecendo na fé precisamos aprender a refrear a língua e evitar que nossos lábios falem dolosamente.

“Imobilizar” a língua quando as coisas estão ficando “quentes” é fundamental para que marido e mulher desfrutem de harmonia em seu lar. Se permitirmos que o Espírito Santo opere tal milagre, o primeiro passo estará dado e a aurora dos “dias felizes” começará a brilhar.

Passo 2

Ouvir a Deus Com a língua sob controle estaremos preparados para dar o segundo passo, que é ouvir a Deus.

Estejamos certos de que Deus está sempre presente, contempla tudo o que acontece conosco e tem uma solução para os problemas que enfrentamos.Precisamos apenas ouvi-lo. E para ouvi-lo, devemos nos calar.

A vida de um filho de Deus depende do quanto ele é capaz de ouvir a voz do Pai.

Passo 3

Bendizer ouvindo a Deus seremos impelidos pelo Espírito Santo ao terceiro passo, que é bendizer (v.9).

Bendizer significa dizer boas coisas. Elogiar (louvar) também é sinônimo de bendizer.

Os efeitos de nossas palavras não são experimentados apenas por aqueles que nos ouvem. A palavra de Deus afirma que comeremos do fruto daquilo que proferirmos com nossas línguas (Pv.18.21). Ou morte; ou vida.

Creio que todos nós já sabemos, por experiência própria, que o primeiro impulso da língua pende para a morte. É como se a língua já estivesse pronta para destruir, reagindo no mesmo nível, ou até além das coisas que ouvimos e vemos.

Raramente refletimos antes de falar. Raramente consideramos as possíveis conseqüências do que vamos dizer.

Por isso a importância do “reprimir” as primeiras palavras, ouvir o Espírito Santo de Deus e, na revelação do Senhor, abrir a boca para bendizer.

O Senhor nos revelará boas e brandas palavras (Pv.15.1; 25.15). E as boas e brandas palavras nos levarão a amar a vida e ver dias realmente felizes.

Os passos propostos pela palavra de Deus em 1 Pedro 3 nos levam a gozar a vida e ver dias felizes. Porém, estejamos atentos a algo maravilhoso: à medida que damos os passos acontece uma progressiva e positiva mudança de nosso caráter.

O que estamos afirmando é comprovado no contexto desta passagem bíblica. As atitudes que veremos a seguir tornam a vida conjugal mais graciosa. E não poderia ser diferente. Estas atitudes são frutos do caráter de Cristo.

Mais do que um alvo a alcançar tenhamos a certeza, em fé, de que Deus já começou esta boa obra em cada um de nós. Aleluia!

1. “sedes todos de igual ânimo” (mesmo modo de pensar e de sentir NTLH) (v.8)

Significado de ânimo: Disposição de espírito; coragem; resolução; intenção.
Deixemos que a fé controle nossos pensamentos e sentimentos. Nunca desistiremos! Seja esta nossa afirmação continuamente.

2. “compadecidos” (v.8)

Significado de compadecido: que sente compaixão. Os sinônimos de compadecido são: apiedado; compadecido (participa dos sofrimentos alheios); condoído; exorável (alguém que cede às súplicas); sentimental (que manifesta sentimento)

3. “fraternalmente amigos” (v.8)

Significado de fraternal: próprio de irmãos ou irmãs. Que ocorre entre pessoas unidas como irmãos.
Significado de amigo: pessoa a que se está ligado por uma afeição recíproca.

4. “misericordiosos” (v.8)

Significado de misericórdia: piedade; compaixão. Sentimento despertado pela infelicidade de outrem. Um coração que se compadece pela miséria de seu próximo.

5. “humildes” (v.8)

Significado de humildade: que se diminui voluntariamente. Senso de insignificância.

6. “não pagando o mal por mal ou injúria por injúria” (v.9)

Significado: não agir ou pagar uma ofensa recebida com “a mesma moeda”. Abrir mão da vingança.

7. “busque a paz e empenhe-se (faça tudo NTLH) por alcançá-la” (v.11)

Significado: Deus deseja que eu viva em paz com meu cônjuge. Eu conheço a vontade de Deus e farei de tudo para alcançar a paz. Se eu ainda não alcancei a paz é porque ainda não fiz tudo o que deveria.

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.