Só existe uma Porta

Só existe uma porta, uma forma de chegarmos até a Deus, de termos um encontro pessoal com Ele e de sermos salvos por Ele. Essa porta é JESUS. A maneira de chegarmos até essa porta é ouvindo a pregação do evangelho do Reino de Deus. A maneira de entrarmos por essa porta é, tendo crido na pregação, entregarmos de verdade o governo de nossas vidas ao Rei Jesus, reconhecendo-O como Senhor e dono de tudo que somos e de tudo que temos.

“Eu sou a porta; Se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens.” (Jo 10,9)
“Disse-lhes Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.” (Jo 14,6)

Quando eu era bem pequena, uma criança de mais ou menos uns 5 anos, eu estava em frente à casa que era vizinha a minha própria casa, quando um menino, também criança, bateu palmas no portão da minha casa, pedindo esmola. Uma das minhas irmãs, de lá de dentro da casa mesmo, gritou que não tinha e o garoto começou a remexer no nosso lixo, que ficava em frente à casa, provavelmente procurando alguma coisa para comer. Eu fiquei observando aquele garoto fazendo isso com tanta atenção e de um modo tão profundo, com muito interesse, perplexidade e curiosidade. Eu estava muito próxima, a poucos metros e havia outras pessoas junto comigo: uma irmã 3 anos mais velha que eu e a vizinha, nossa amiga, alguns anos mais velha que minha irmã. Enquanto eu observava o menino, minha visão ficou embaçada e duas enormes asas acinzentadas surgiram nele. Minha visão voltou a ficar normal e mesmo assim as asas continuavam nele. Comecei a dizer “Olha um anjo”, apontando o menino, mas aqueles que estavam comigo não o viam como anjo, apenas o menino. Minha irmã falou´”é só um menino”, mas eu continuava a dizer “é um anjo, olha as asas dele”. Isso durou por alguns instantes, quando novamente minha visão ficou embaçada e as asas desapareceram, permanecendo o menino que todos viam, mexendo no lixo. Durante muitos e muitos anos, as poucas vezes que toquei nesse assunto com alguém, derramei muitas lágrimas. Foi realmente uma experiência marcante e emocionante.

Mas, não foi suficiente. E nada seria. Nenhuma outra experiência com o mundo celestial, por mais incrível ou sobrenatural, poderia resolver o problema. Entre o homem e Deus há um abismo que só pode ser vencido quando nos entregamos ao filho de Deus, Jesus. Por que Deus permitiu que eu passasse por essa experiência de ver um anjo realmente eu não sei. Na sua soberania e até misericórdia, Ele permitiu. Acho que Deus continuamente nos chama e ali Ele começou a me chamar, a me tocar. Acontece que experiências desse tipo vão perdendo o efeito e a força com o passar do tempo, não geram mudança, transformação, não trazem vida ao que está morto. E foi isso que aconteceu. Cresci e continuei vivendo por conta própria, fora do governo de Deus, fora de seu Reino. Apenas quando ouvi e cri e aceitei o evangelho do Reino de Deus, arrependendo-me da minha independência e rebeldia de Deus,  é que passei a desfrutar de uma comunhão com o Senhor, uma comunhão que gerou frutos, transformações em mim e na minha vida, chegando a impactar a todos que comigo conviviam. Onde havia morte, fez-se vida, nasci de novo, dessa vez não da carne, mas da água e do Espírito. O Senhor pôde então me resgatar e me salvar e iniciar a sua obra maravilhosa em mim. Uma música traduz exatamente o que aconteceu comigo aos 30 e poucos anos de idade:

“Eu encontrei Jesus e isso transformou a minha vida.
Eu me entreguei docilmente e Ele aliviou o meu fardo.
Eu O adorei em espírito e isso atraiu sua presença.
Eu O adorei em verdade, então eu descobri a essência.
A essência é Jesus, a essência é Jesus.
A essência é Jesus, a essência é Jesus.
Jesus morreu por mim e isso perdoou os meus pecados.
Ele ressuscitou, por isso eu sou justificado.
Ele enviou seu Espírito, por Ele eu sou santificado.
Sim, Ele voltará, Nele eu serei glorificado.
A essência é Jesus, a essência é Jesus.
A essência é Jesus, a essência é Jesus.
Abre os olhos eu quero te ver,
vindo nas nuvens com todo poder.
Anjos chamando, meu nome ouvirei.
Ao teu encontro, sim eu subirei.
Confiando na graça, vivendo a presença,
oh Emanuel, Tu és a essência.
A essência é Jesus, a essência é Jesus.
A essência é Jesus, a essência é Jesus.”
– Antônio Cirilo

Estou testemunhando isso tudo, porque vejo muita gente procurando ter experiências sobrenaturais ou mesmo uma forma de chegar até a Deus. Essas pessoas creem que podem existir várias formas de chegar até a Deus e que todas elas são válidas. O pensamento delas é que o que importa é ter alguma fé ou ver Deus de alguma maneira. Mas, esses são os pensamentos delas e não o que Deus pensa. Se queremos ser conhecidos como somos realmente, por que Deus então não se importaria que o vissem de qualquer forma ou maneira e não da forma que Ele realmente é ? São os pensamentos de Deus e não os nossos que devemos conhecer. É o que Ele pensa e é o caminho que Ele escolheu. A Bíblia tem o pensamento de Deus e o caminho que Ele escolheu e Deus não muda. Nela encontramos o que agrada a Deus e o que não o agrada. O que Deus é e o que Deus não é. A Bíblia contém a verdade. A verdade não é relativa, verdade é a verdade segundo Deus e não segundo os nossos sentimentos e mentes sempre mutantes. A Bíblia fala sobre o caminho, sobre o plano de salvação de Deus, sobre como se achegar a Ele e sobre como desfrutar de sua companhia eternamente. E como essa música resume perfeitamente: a essência é JESUS!!

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.