Promessas para os que são filhos

“Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências; Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniquidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça. Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça. Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum.” Romanos 6:12-15

Estamos constantemente sendo provados por Deus para saber se seremos aprovados por Ele. Temos que observar as pequenas coisas e entender que existe uma batalha muito grande e às vezes perdemos a paciência com pequenas coisas e em seguida pensamos: “se somos livres destas coisas, porque ainda erro?” O Senhor responde: “Você ainda está se livrando.”.

Estamos debaixo da graça e não da lei, então não deixe o pecado dominar, o Espírito Santo deve reinar. Este sim tem o controle sobre o pecado e é desta forma que teremos o domínio sobre o pecado. Está em cristo é deixar de pecar, mas enquanto não deixamos permanentemente de pecar, devemos ter a consciência de que não devemos deixar o pecado dominar.

“Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; Um só SENHOR, uma só fé, um só batismo; Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.” – Efésios 1:4-6

Domingo passado falamos sobre o que é igreja e de quem é igreja. A igreja não é de pastor, não é do papa, nem padre. A igreja é de Jesus porque ele disse “eu edificarei minha igreja”.

Até compreendermos isso estaremos nos encontrando a força. Se não soubermos a verdadeira motivação de estarmos juntos e se estivermos por qualquer outro motivo, vamos nos perder. Devemos nos reunir por amar a Jesus.

Motivação = motivo + ação

E uma ação diária. Nosso motivo é acionado diariamente.

Se nossa motivação for Cristo, iremos sentir vontade de estar juntos e ler a palavra sem muito esforço.

Se não compreendermos o que é igreja, estaremos fazendo as coisas por nossas forças.

Todas as coisas mudam no decorrer da vida e acabamos esquecendo os princípios elementares e é nosso dever fazer as coisas pensando na vontade do Senhor. Se não fazemos nossas coisas para o Senhor, estamos correndo o risco de perder tudo que temos.

Devemos buscar conselho, e saber a vontade de Deus.

Testemunho

Trabalho em um lugar que enche o ego das pessoas por conta da diplomacia, acabo encontrando pessoas altivas que acabam me entristecendo com algumas atitudes, mas eu me lembro que um dia todo joelho se dobrará.

Com tudo isso, o que quero dizer é que não deve ser um peso andar com cristo, mas sim a única solução pra sua vida. Se você vive sem fé em Jesus, e sua fé tem que ser só em Jesus (pois muitas pessoas tem fé em outras coisas achando que terão acesso espiritual a Deus). Ele que é a única solução para o homem e eu creio que Deus fez todas as coisas, inclusive a mim, e um dia eu me afastei de Deus por causa do pecado e hoje eu não consigo pagar toda a minha dívida, só em Cristo podemos nos reconciliar e é por isso que Jesus tem que ser o Senhor e se Ele não for o Senhor, o exemplo, se não o reconhecemos dessa forma, não vamos nos reconciliar com Deus e vamos continuar sendo escravos do pecado. Deus nos escolheu antes da fundação do mundo, e esse é seu plano para a humanidade e o centro desse plano está Cristo, sem Ele nós como criaturas estamos fora do plano de Deus.

 

Como podemos frutificar estando fora da videira. Todo ramo deve estar na videira.

Sem cristo não podemos fazer nada. Quando Deus criou o mundo, ele tinha um propósito.

“A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” – Romanos 10:9

Quem não confessa Jesus como senhor não será salvo. Não há outra maneira. No universo há um só que é filho de Deus pela própria natureza, Jesus e nós somos filhos por adoção e antes de sermos adotados somos criaturas. Deus é pai daqueles que confessam Jesus como Senhor e essa é a única condição de sairmos da forma de criatura para sermos filhos adotados por Deus.

Quando falamos dessas coisas, nossa motivação deve mudar e se isso não acontece, seu coração é duro e não está entendendo nada do que é o Reino.

Não é que agora temos que ser exclusivos para o trabalho de Deus e deixar de fazer todas as outras coisas, como estudar e trabalhar, mas a partir de agora todas as coisas que estão a nossa volta estão submetidas a Deus. Todas as coisas devem estar sujeitos a vontade de Deus. Teremos as nossas funções normais, dentista, arquiteto, etc… alguns serão chamados para a obra.

O propósito de sermos família de Deus com a semelhança de Jesus, deve ser encarado com seriedade. É preciso que entendamos o que é ser discípulos de Jesus,  e não somente frequentarmos as reuniões sem mudança de vida.

Predestinar – significa um destino traçado de antemão

“E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.” – Romanos 8:28-29

Deus tem um desejo que todos tenham um pleno conhecimento da verdade, mas nós que devemos aceitar o plano de Deus na nossa vida. Temos que decidir querer. Querer fazer parte do propósito de Deus.

É nossa responsabilidade de como filhos de Deus levar essa proposta a quem não conhece. Então todas as nossas ações tem consequências e somos responsáveis por elas. Se ouvirmos a palavra e escolhemos não fazer nada, isso nos traz uma consequência.

Temos que ser pessoas que decidimos seguir a Jesus, a proposta é ser como Jesus.

Jesus dizia que aquele que amar mais a mãe, irmão, etc. não me ama. Com isso Jesus dizia que nosso coração não deve estar preso as coisas deste mundo. A proposta de Deus não é nos levar para o céu, e sim sermos como Jesus.

Ser filhos de Deus é o primeiro passo para fazermos parte do propósito de Deus. Alguns pesam que o fato de sermos perdoados já está resolvido, mas esse é o primeiro passo para vivermos no propósito de Deus. O fim é até que sejamos iguais a Jesus.

Os apóstolos sempre se preocupavam com os frutos. O resultado de suas ações. O senhor procura frutos. Frutos dignos de arrependimento.

Se somos mentirosos, ladrões, etc. Estamos vivos por misericórdia de Deus. Pois estamos longe da vontade de Deus. Deus tem misericórdia, graça, mas ele é justo.

Se estamos caminhando há algum tempo, e está tudo tranquilo e quando Jesus chega perto pra pegar os frutos e só tem folha. Precisamos tomar uma decisão hoje, temos que ter mais cuidado de como refletimos a cristo, como proclamamos suas verdades. Como podemos ser mais parecidos com Jesus.

Devemos aprender quem é o dono da igreja, que Deus nos chamou para um propósito o qual foi esquecido durante anos. Se pensamos que no céu não vamos fazer nada, estamos errados. Lá vamos passar todo o tempo adorando ao senhor, junto com anjos louvando a Deus todo o tempo sem se cansar.

Imagine alguém querendo tirar você de um caminho errado independente, e te colocar em um caminho do propósito de Deus, dependente dele. Precisamos entender que Deus nos chamou antes da fundação do mundo para sermos irrepreensíveis, não só filhos mas sem manchas como Jesus.

A santidade é um dos pontos falados por Paulo aos efésios. Paulo fala da igreja, mas a igreja somos nós. Então devemos nos apresentar sem mácula a Deus.

Nos predestinou para adoção de filhos, santos e irrepreensíveis, para louvor da sua glória.

A eleição que temos, a redenção, santificação, tudo isso é pela graça de Deus afim de que adoremos a Deus. Pra que digamos coisas boas de Deus, que elogiem a Deus, para que entendamos que rei da glória (manifestação visível das características de Deus) para o louvor da sua graça (favor não merecido).

Todas estas coisas nós n temos condições de obter por nós mesmo, mas só através de cristo escolhendo ele como Jesus como nosso senhor.

Em nossos planos, perguntamos se é da vontade de Deus?

Existem promessas incomparáveis pra nós, promessas pra filhos e n pra criatura, nós que somos filhos de Deus, temos algo de muito valor, um tesouro em vaso de barro, pra que tudo que aconteça em nossas vidas, que tenhamos plena consciência de que nada disso é meu, e que tudo é dele, e quanto mais reconhecemos que somos barro, mais tudo em nossa vida dará certo. Quanto mais morrermos, mais vamos ter sucesso (mudança de caráter), quanto mais regermos nossa vontade, mais vamos ter soluções para nossos problemas. Tudo isso faz parte de uma vida rendida a Deus. Ele não vai deixar que passemos fome, ele n permitirá nada desse mundo nos atingir, mas precisamos tomar a consciência de que todas as promessas de Deus é para o homem que o teme. Se Paulo após seu contato com Jesus, voltasse a perseguição, não teria adiantado nada.

Seremos perseguidos todo o tempo, Deus não nos chamou para sermos intocáveis. Teremos aflições, mas ainda que a figueira não floresça, eu não temerei. Todo nosso esforço não é em vão, Deus está vendo o nosso esforço e Deus se alegra conosco. Somos obra em andamento.

São promessas incomparáveis.

Diante de tudo isso, não podemos ficar calados, nossos vizinhos precisam saber. Precisamos proclamar não só os versículos, mas com nossa própria vida. Perder a vergonha. Devemos perder a vergonha e entender que nossa palavra tem poder. Devemos retornar ao primeiro amor, devemos andar no primeiro amor o tempo todo.

Somos obra em andamento.

Existem pessoas dentro da igreja que ainda n compreenderam o que é ter o caráter de cristo então, precisamos reconhecer que ao mesmo tempo que somos escolhidos, devemos tomar uma posição.

Quando somos chamados para um emprego, devemos responder dizendo que quer o emprego, do mesmo jeito é no reino. Temos um chamado e devemos responder se queremos. Nossa intenção é ser como Jesus. Não vamos desviar deste propósito. Não vamos desistir.

Queremos ser uma igreja restaurada como no propósito original.

Culto ministrado por Renato prado – Pau Amarelo

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.