Perseverando na tribulação

As tribulações são coisas deste momento atual que vivemos

Ao ler Apocalipse 21:4 sempre me chamou a atenção que naquele dia o Senhor irá enxugar cada lágrima que um dia choramos diante d’Ele, e estas lágrimas com certeza são consequências de termos passado também por lutas e tribulações. Mas o Senhor me chamou a atenção para o restante do texto: “Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois as primeiras coisas já passaram”. Percebi duas coisas:

 a) A expressão “primeiras coisas” reflete o momento atual em que vivemos. Vejamos: Só na eternidade é que “não haverá mais morte, tristeza, choro ou dor”, esta expressão “não haverá” revela uma ação futura, até que este futuro chegue estaremos sujeitos a morte, tristeza, choro e dor. Então concluímos que a expressão “primeiras coisas” usadas aqui neste texto refletem o momento atual em que vivemos aqui no mundo, é o nosso momento presente. As lutas e tribulações (que tanto geram “tristeza, choro e dor”) são coisas deste momento atual em que vivemos, são coisas desta vida.

b) Que a tristeza, choro e dor são consequências do pecado de Adão. Perceba que o texto também nos revela que não foi só a morte que passou a fazer parte da natureza humana com o pecado de Adão, mas a separação de Deus trouxe também tristeza, choro e dor. Ao usar a expressão “não haverá mais morte, tristeza, choro ou dor”, ele colocou a tristeza, choro e a dor no mesmo pacote com a morte! Foi quando percebi que não só a morte passou a ser o nosso castigo devido ao pecado de Adão, mas também a tristeza, choro e a dor! As lutas e tribulações, que tanto geram tristeza, choro e dor são coisas desta presente ordem, são coisas desta vida. São frutos do pecado de Adão.

O texto dá a entender que “as primeiras coisas” são as coisas que se iniciaram com Adão e se estendem até a volta de Cristo, passando pelo momento atual em que vivemos, dizem respeito às lágrimas que derramamos em meio a tristeza, choro e dor, e que terão em Cristo, finalmente, o seu final, Ap 21.1-7.

Enquanto não for este grandioso dia, o dia da volta de Cristo, estamos diante da dura realidade das consequências dos atos de Adão – morte, tristeza, choro e dor (sobre a natureza, o homem e a mulher, Gn 3.15-19). Parece-me ser a primeira vez em que aparecem as palavras sofrimento e dor na bíblia, até este dia o homem não sabia o que eram estas coisas.

Leves e momentâneos

Para nos servir de exemplo, daremos uma olhada nas tribulações e sofrimentos na vida do apóstolo Paulo. Paulo usa uma expressão interessante ao descrever os seus sofrimentos, ele os descreve como sendo “leves e momentâneos”, 2Cor 4.16-18. Mas você já parou para pensar na lista de tribulações de Paulo? Vejamos bem a lista destes sofrimentos aos quais ele declara serem leves e momentâneos:

a) Uma descrição geral dos sofrimentos – 2Cor 6.3-10. Só esta lista já nos choca. E ainda o vejo dizer “entristecidos, mas sempre alegres”, ah como isto é difícil para nós?!

b) Uma descrição detalhada – 2Cor 11.23-27. Agora sim, ele abre o jogo e nos relata os seus sofrimentos, e nos apresenta o incrível número de 195 chicotadas e 3 pauladas de vara, um verdadeiro “record” nos registros bíblicos! Todas as vezes que você viu na TV uma cena em que aparecem pessoas sendo torturadas, os seus carrascos eram pessoas franzinas, fraquinhas e magricelas? Quando penso em alguém sofrendo chicotadas ou açoites, entendo que não se chamaria alguém com um porte físico franzino para servir de carrasco e, sim, alguém que se destacasse pelo seu porte avantajado. Quantos de nós aguentaríamos uma chicotada? Quando leio das chicotadas penso nas cicatrizes que elas causam e como o quadro mental que eu fazia da pessoa de Paulo mudou, nunca tinha imaginado que ele pudesse ser uma pessoa com o corpo tão cheio de cicatrizes.

c) Uma descrição específica: o apedrejamento – At 14:19-20. Nessa ocasião, juntaram-se os judeus invejosos de Antioquia, Icônio e Listra, o apedrejaram e ele foi jogado para fora da cidade e dado como morto! Conheci um policial que sempre me disse que nunca atirou em ninguém durante todo o tempo em que serviu, mas sempre me disse que caso tivesse sido necessário, só iria atirar no peito ou na cabeça, creio que era assim que se faziam nos apedrejamentos. Ao pensar nisto, lembro que ninguém iria pegar a menor pedra possível para arremessá-la no dedo mínimo dos pés de alguém em um apedrejamento, porque é claro e evidente que nesta situação a pessoa está pensando em fazer o maior dano possível! Imagino que ao participar de um apedrejamento alguém queira pegar as pedras ou pedaços de rochas mais pesadas e arremessá-las contra partes do corpo que façam danos consideráveis e até irreparáveis. Penso que foi isto que aconteceu no apedrejamento de Paulo. Quando adultos, nós costumamos falar aos outros sobre as vezes em que quebramos uma perna ou um braço. Agora pensemos em Paulo: Imagine quantas costelas fraturadas, quantos vezes quebrou os braços e pernas nestes sofrimentos.

d) Uma descrição extra: a pressão interior – 2Cor 11.28-29. Como se ainda fosse pouco tudo o que ele já passou no corpo físico, Paulo nos dá um pequeno vislumbre de sua pressão interior. Quem sabe quantas frustrações diante dos fracassos dos outros e seus também. Quanta angústia por não ver a vida de Cristo ainda efetiva na vida de irmãos e de alguma igreja (em sua carta aos gálatas, por exemplo, Paulo expressa sua perplexidade diante das dificuldades daquela igreja, Gal 4.19-20).

Interessante notar que já na sua conversão o Senhor lhe fala de lutas e tribulações, At 9:15-16. Quantos de nós receberíamos de bom grado uma profecia que nos falasse de lutas e tribulações? E eram estas lutas e tribulações que ele aguardava no seu caminho, At 20.22-24.

Como num jogo de videogame

Se estas lutas que se passaram na vida de Paulo são leves e momentâneas, qual deve ser o nível das nossas? Os jogos de videogames normalmente são divididos em estágios, normalmente existem o leve, o moderado e o avançado. Se os de Paulo são os leves, em que categoria se encontram as nossas lutas?

Quando adolescentes e íamos brincar, por exemplo de “pega-pegou” ou mesmo de “esconde-esconde”, quase sempre aparecia aquela criança “chata” ou irmão mais novo que queria brincar também, mas nós percebíamos que ela era pequena ou nova demais para aguentar o ritmo dos maiores, e, por compaixão e misericórdia, nós a deixávamos brincar, só para ela correr e pensar que estava participando da brincadeira, nós usávamos a expressão: “Deixa ela brincar, ela é café-com-leite”. Creio que o mesmo ocorre conosco: As lutas de Paulo são leves e momentâneas. As nossas são café-com-leite!

Por que ele julga as suas lutas e tribulações assim? Seria Paulo um louco ou masoquista (alguém que tem prazer na própria dor)? A resposta é que Paulo compara os seus sofrimentos como os de Cristo. Jesus Cristo sofreu no corpo, na alma e no seu espírito. Sofreu a dor de conhecer o que Ele nunca tinha experimentado: o pecado. O nosso pecado, o pecado de toda a humanidade, a plenitude de todos os pecados do presente, do passado e do futuro caíram em um só momento sobre Cristo naquela cruz, isto é uma dor inimaginável a qualquer homem, mesmo alguém como Paulo, que teve uma relação tão extensa de perseguição e de dor na sua vida, não seria capaz de conceber tamanha dor que suportou o nosso Senhor.

Toda ação corresponde a uma reação

E que reação se espera de um discípulo diante da tribulação? Devemos ter uma reação de alegria diante das tribulações por causa de Cristo, esta foi a atitude dos apóstolos, At 5.40-42 e do apóstolo Paulo, 2 Tes 1.3-5.

Reclamamos de nossa situação e não compreendemos que há pessoas em pior situação do que nós. Deveríamos ser gratos a Deus “por tudo” e “em tudo”, Ef 5.20, 1Tes 5.16-18. A expressão “tem gente que reclama de barriga cheia”, infelizmente tem sido muito propícia para a maioria de nós que não sabemos o que é se alegrar diante de um sofrimento. E eu me incluo nesta lista.

Colhemos o que plantamos

Paulo afirma que o poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza, 2Cor 12.7-10. Já pararam para pensar nos resultados das tribulações na vida de Paulo? Quantas demonstrações de poder Deus pôde fazer através de Paulo? At 19:11,12: “E Deus, pelas mãos de Paulo, fazia milagres extraordinários, a ponto de levarem aos enfermos lenços e aventais do seu uso pessoal, diante dos quais as enfermidades fugiam de suas vítimas, e os espíritos malignos se retiravam”. Além de inúmeras conversões, discípulos que se tornaram líderes e que cuidavam de igrejas, igrejas implantadas e firmes em diversas cidades, e um testemunho de quem tem consciência de que concluiu sua carreira e guardou a fé, 2Tm 4.6-8. Sua vida e ensino são padrão e modelo até hoje. É por isso que estamos citando o nome dele neste momento!

Uma vez ouvi uma frase acerca do ministério de Paulo que nunca mais me saiu da cabeça: “Queremos ter os frutos que Paulo teve, mas não queremos pagar o preço que ele pagou”. Creio que ainda hoje seja isto uma verdade!

Fomos chamados para sofrer

Paulo e também Pedro nos afirmam que fomos chamados para sofrer (Fl 1.29, 1Pe 2.19-21). E este é um tema do nosso chamado que muitos na “igreja evangélica moderna” não querem aceitar, tenho visto propagandas do tipo: “Pare de sofrer, venha para a denominação tal e qual”, e esquecemos que fomos chamados para sofrer. Ao falar de sofrimento quero dizer que na vida de discípulo é natural a tribulação e aflição, e não um fato “anormal”. A teologia da prosperidade rejeita este chamado, a “igreja evangélica moderna” prega o conforto e consolo nesta vida, mas Jesus nos alertou de que no mundo teríamos aflições, Jo 16.33.

Já na nossa conversão, a porta e o caminho nos foram apresentados como sendo estreitos. O que ocorre é que durante a caminhada, diante de lutas e tribulações, nossas orações são do tipo: “Senhor, alarga-nos a porta, alarga-nos o caminho!”. Ou talvez pensemos: “Jesus, é brincadeira né?! Nunca pensei que fosse assim tão apertado!”

Devemos estar bem esclarecidos acerca das lutas e tribulações que estamos passando. Pedro, ao falar destes sofrimentos, nos orienta que não deveríamos estar surpresos com eles, 1Pe 4:12-19.

Paulo segue a mesma direção do Espírito Santo ao escrever à igreja de Tessalônica. Os primeiros dias desta nova igreja foi em meio a grande perseguição, e esta nova igreja era formada por irmãos novos, por novos convertidos, At 17.1-9. Então, Paulo não enganou os irmãos novos convertidos a respeito das tribulações e perseguições que eles estavam suportando, ao contrário, deixou-os cientes de que para isto eles foram chamados e que o fim deste sofrimentos (pasmem!) só ocorreria na vinda de Cristo, não os enganou dando-lhes falsas esperanças nesta vida, assim devemos também fazer: Nossas esperanças de alívio devem estar na vinda de Cristo, devem estar nos céus, 1 Tessalonicenses 3.3-4, 2 Tessalonicenses 1.4-11. E alertar os novos convertidos sobre lutas e tribulações era uma tônica de Paulo ao estabelecer novas igrejas, Atos 14.21-22.

Vi uma entrevista na TV de uma cantora que se diz “evangélica, mas sem igreja”. E uma das perguntas feitas a ela foi sobre a frase que mais a motivava. Ela citou “tudo posso naquele que me fortalece”. Como se dissesse: “Posso fazer sucesso, ter fama e dinheiro, posso conseguir tudo que eu quiser, nada vai me impedir, pois Cristo me fortalece”. Parecia que a ouvia dizer: “Posso conseguir a glória e a riqueza deste mundo, pois Cristo me fortalece”. Esta daí não entendeu nada ainda e não sabe nem para que foi chamada.

Recentemente em Buenos Aires-PE tivemos uma experiência muito boa com uma das irmãs nova-convertidas. Ela nos falou o seguinte:

– Agora eu tenho entendido realmente a vida de igreja. Antes eu pensava que nós íamos à “igreja” para Deus nos fazer feliz. Agora eu sei que não é isto!

Ela estava começando a entender o Propósito Eterno de Deus e isto estava revolucionando a vida dela.

Em várias traduções do NT, o Espírito Santo nos é apresentado como o consolador. Se este é um dos seus principais títulos no NT, é porque haveriam lutas na nossa caminhada. Ele não nos foi apresentado como um “palhaço”, alguém que traz alegria, e sim como consolador. Como consolar alguém que não está sofrendo? Já vimos alguém sendo consolado quando está alegre? Consolação é para hora de angústia e tribulação.

O que Deus espera dos seus filhos em tribulação é que eles perseverem

O que é que Deus espera dos seus filhos em tribulação? O que Deus espera dos seus filhos em tribulação é que eles perseverem! Em Mt 24, Jesus descreve os sinais do fim dos tempos e as tribulações e sofrimentos que hão de vir sobre o mundo e sobre a igreja. Este momento é tão sério que é chamado de “a grande tribulação”. E em Mt 24.13 Ele nos diz algo interessante: Aquele que perseverar até o fim será salvo (também em Lc 21.19).

E não é perseverar de qualquer jeito, é perseverar e ter paciência com alegria, Cl 1.10-11, Mt 5.11-12, 1Pe 5.8-10. Perseverar na tribulação é esperar enquanto se continua a fazer a vontade do Senhor. Quem persevera não está parado, está andando, está fazendo a obra! 1Cor 15.58

Outro exemplo é o de Paulo na prisão em Roma. Paulo podia ter ficado desanimado, em vez disso ele escreveu e encorajou a igreja de Filipos: “Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos” (Fil 4:4). Ele havia aprendido que, qualquer que fosse a situação, ele devia estar contente (Fil 4:11). Paulo estava bem equipado para encorajar os outros devido à força que ele encontrou em Cristo. “Tudo posso naquele que me fortalece” (Fil 4:12-13). Em tribulação, ele tornou o evangelho conhecido de toda guarda pretoriana, Fil 1.12-14. E isto tudo em tribulação e sofrimento. Que exemplo incrível, que padrão a ser imitado, 1Cor 11.1.

O padrão da igreja primitiva era o da perseverança, At 2.42-47. Este é o segredo. Somos a continuidade daquela igreja, e, como numa corrida de revezamento 4x100m, o bastão já nos foi passado. Agora é a nossa vez.

Conclusão

Devemos, apesar das tribulações, continuarmos a cumprir o nosso chamado, pois fomos chamados para proclamar, chamados para chamar outros, Mt 28.18-20. O “ide” de Cristo em algumas traduções aparece a expressão “indo”. Dando a ideia de que é na nossa caminhada, em meio às lutas, tribulações e alegrias que vamos fazendo a obra, At 14.19-22 e Sl 126.5-6.

Referências

Ap 21:4 Ele enxugará de seus olhos toda lágrima; e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem lamento, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.

Apocalipse 21.1-7

1 E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe. 2 E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, adereçada como uma noiva ataviada para o seu noivo. 3 E ouvi uma grande voz, vinda do trono, que dizia: Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles. 4 Ele enxugará de seus olhos toda lágrima; e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem lamento, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. 5 E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve; porque estas palavras são fiéis e verdadeiras. 6 Disse-me ainda: está cumprido: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem tiver sede, de graça lhe darei a beber da fonte da água da vida. 7 Aquele que vencer herdará estas coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.

Gênesis 3.15-19

15 Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. 16 E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a dor da tua conceição; em dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará. 17 E ao homem disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei dizendo: Não comerás dela; maldita é a terra por tua causa; em fadiga comerás dela todos os dias da tua vida. 18 Ela te produzirá espinhos e abrolhos; e comerás das ervas do campo. 19 Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado; porquanto és pó, e ao pó tornarás.

2 Coríntios 4.16-18

16 Por isso não desfalecemos; mas ainda que o nosso homem exterior se esteja consumindo, o interior, contudo, se renova de dia em dia. 17 Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória; 18 não atentando nós nas coisas que se vêem, mas sim nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, enquanto as que se não vêem são eternas.

2 Coríntios 6.3-10

3 não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado. 4 Antes em tudo recomendando-nos como ministros de Deus; em muita perseverança, em aflições, em necessidades, em angústias, 5 em açoites, em prisões, em tumultos, em trabalhos, em vigílias, em jejuns, 6 na pureza, na ciência, na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, no amor não fingido, 7 na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça à direita e à esquerda, 8 por honra e por desonra, por má fama e por boa fama; como enganadores, porém verdadeiros; 9 como desconhecidos, porém bem conhecidos; como quem morre, e eis que vivemos; como castigados, porém não mortos; 10 como entristecidos, mas sempre nos alegrando; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, mas possuindo tudo.

2 Coríntios 11.23-27

23 são ministros de Cristo? falo como fora de mim, eu ainda mais; em trabalhos muito mais; em prisões muito mais; em açoites sem medida; em perigo de morte muitas vezes; 24 dos judeus cinco vezes recebi quarenta açoites menos um. 25 Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; 26 em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha raça, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre falsos irmãos; 27 em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejuns muitas vezes, em frio e nudez.

Atos 14:19-20

19 Sobrevieram, porém, judeus de Antioquia e de Icônio e, havendo persuadido as multidões, apedrejaram a Paulo, e arrastaram-no para fora da cidade, cuidando que estava morto. 20 Mas quando os discípulos o rodearam, ele se levantou e entrou na cidade. No dia seguinte partiu com Barnabé para Derbe.

2 Coríntios 11.28-29

28 Além dessas coisas exteriores, há o que diariamente pesa sobre mim, o cuidado de todas as igrejas. 29 Quem enfraquece, que eu também não enfraqueça? Quem se escandaliza, que eu me não abrase?

Gálatas 4.19-20

19 Meus filhinhos, por quem de novo sinto as dores de parto, até que Cristo seja formado em vós; 20 eu bem quisera estar presente convosco agora, e mudar o tom da minha voz; porque estou perplexo a vosso respeito.

Atos 9:15-16

15 Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome perante os gentios, e os reis, e os filhos de Israel; 16 pois eu lhe mostrarei quanto lhe cumpre padecer pelo meu nome.

Atos 20.22-24

22 Agora, eis que eu, constrangido no meu espírito, vou a Jerusalém, não sabendo o que ali acontecerá, 23 senão o que o Espírito Santo me testifica, de cidade em cidade, dizendo que me esperam prisões e tribulações, 24 mas em nada tenho a minha vida como preciosa para mim, contando que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.

Atos 5.40-42

40 Concordaram, pois, com ele, e tendo chamado os apóstolos, açoitaram-nos e mandaram que não falassem em nome de Jesus, e os soltaram. 41 Retiraram-se pois da presença do sinédrio, regozijando-se de terem sido julgados dignos de sofrer afronta pelo nome de Jesus. 42 E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar, e de anunciar a Jesus, o Cristo.

2 Tessalonicenses 1.3-5

3 Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como é justo, porque a vossa fé cresce muitíssimo e o amor de cada um de vós transborda de uns para com os outros. 4 De maneira que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus por causa da vossa constância e fé em todas as perseguições e aflições que suportais; 5 o que é prova clara do justo juízo de Deus, para que sejais havidos por dignos do reino de Deus, pelo qual também padeceis;

Efésios 5.20

sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo,

1 Tessalonicenses 5.16-18

16 Regozijai-vos sempre. 17 Orai sem cessar. 18 Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.

2 Coríntios  12.7-10

7 E, para que me não exaltasse demais pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de que eu não me exalte demais;

8 acerca do qual três vezes roguei ao Senhor que o afastasse de mim; 9 e ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo. 10 Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco, então é que sou forte.

Atos 19:11,12

11 E Deus pelas mãos de Paulo fazia milagres extraordinários, 12 de sorte que lenços e aventais eram levados do seu corpo aos enfermos, e as doenças os deixavam e saíam deles os espíritos malignos.

2 Timóteo 4.6-8

6 Quanto a mim, já estou sendo derramado como libação, e o tempo da minha partida está próximo. 7 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.

Filipenses 1.29

pois vos foi concedido, por amor de Cristo, não somente o crer nele, mas também o padecer por ele,

1 Pedeo 2.19-21

19 Porque isto é agradável, que alguém, por causa da consciência para com Deus, suporte tristezas, padecendo injustamente. 20 Pois, que glória é essa, se, quando cometeis pecado e sois por isso esbofeteados, sofreis com paciência? Mas se, quando fazeis o bem e sois afligidos, o sofreis com paciência, isso é agradável a Deus. 21 Porque para isso fostes chamados, porquanto também Cristo padeceu por vós, deixando-vos exemplo, para que sigais as suas pisadas.

João 16.33

Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

1 Pedro 4:12-19

12 Amados, não estranheis a ardente provação que vem sobre vós para vos experimentar, como se coisa estranha vos acontecesse; 13 mas regozijai-vos por serdes participantes das aflições de Cristo; para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e exulteis. 14 Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória, o Espírito de Deus. 15 Que nenhum de vós, entretanto, padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se entremete em negócios alheios; 16 mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus neste nome. 17 Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e se começa por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? 18 E se o justo dificilmente se salva, onde comparecerá o ímpio pecador? 19 Portanto os que sofrem segundo a vontade de Deus confiem as suas almas ao fiel Criador, praticando o bem.

Atos 17.1-9

1 Tendo passado por Anfípolis e Apolônia, chegaram a Tessalônica, onde havia uma sinagoga dos judeus. 2 Ora, Paulo, segundo o seu costume, foi ter com eles; e por três sábados discutiu com eles as Escrituras, 3 expondo e demonstrando que era necessário que o Cristo padecesse e ressuscitasse dentre os mortos; este Jesus que eu vos anuncio, dizia ele, é o Cristo. 4 E alguns deles ficaram persuadidos e aderiram a Paulo e Silas, bem como grande multidão de gregos devotos e não poucas mulheres de posição. 5 Mas os judeus, movidos de inveja, tomando consigo alguns homens maus dentre os vadios e ajuntando o povo, alvoroçavam a cidade e, assaltando a casa de Jáson, os procuravam para entregá-los ao povo. 6 Porém, não os achando, arrastaram Jáson e alguns irmãos à presença dos magistrados da cidade, clamando: Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui, 7 os quais Jáson acolheu; e todos eles procedem contra os decretos de César, dizendo haver outro rei, que é Jesus. 8 Assim alvoroçaram a multidão e os magistrados da cidade, que ouviram estas coisas. 9 Tendo, porém, recebido fiança de Jáson e dos demais, soltaram-nos.

1 Tessalonicenses 3.3-4

3 para que ninguém seja abalado por estas tribulações; porque vós mesmo sabeis que para isto fomos destinados; 4 pois, quando estávamos ainda convosco, de antemão vos declarávamos que havíamos de padecer tribulações, como sucedeu, e vós o sabeis.

2 Tessalonicenses 1.4-11

4 De maneira que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus por causa da vossa constância e fé em todas as perseguições e aflições que suportais; 5 o que é prova clara do justo juízo de Deus, para que sejais havidos por dignos do reino de Deus, pelo qual também padeceis; 6 se de fato é justo diante de Deus que ele dê em paga tribulação aos que vos atribulam, 7 e a vós, que sois atribulados, alívio juntamente conosco, quando do céu se manifestar o Senhor Jesus com os anjos do seu poder em chama de fogo, 8 e tomar vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus; 9 os quais sofrerão, como castigo, a perdição eterna, banidos da face do senhor e da glória do seu poder, 10 quando naquele dia ele vier para ser glorificado nos seus santos e para ser admirado em todos os que tiverem crido (porquanto o nosso testemunho foi crido entre vós). 11 Pelo que também rogamos sempre por vós, para que o nosso Deus vos faça dignos da sua vocação, e cumpra com poder todo desejo de bondade e toda obra de fé.

Atos 14.21-22

21 E, tendo anunciado o evangelho naquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, Icônio e Antioquia, 22 confirmando as almas dos discípulos, exortando-os a perseverarem na fé, dizendo que por muitas tribulações nos é necessário entrar no reino de Deus.

Mateus 24.13

Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo.

Lucas 21.19 19

Pela vossa perseverança ganhareis as vossas almas.

Colossenses 1.10-11 10

para que possais andar de maneira digna do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus, 11 corroborados com toda a fortaleza, segundo o poder da sua glória, para toda a perseverança e longanimidade com gozo;

Mateus 5.11-12

11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. 12 Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós.

1 Pedro 5.8-10

8 Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar; 9 ao qual resisti firmes na fé, sabendo que os mesmos sofrimentos estão-se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo. 10 E o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, confirmar e fortalecer.

1Cor 15.58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

Fil 4:4  Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos

Fil 4:11 11 Não digo isto por causa de necessidade, porque já aprendi a contentar-me com as circunstâncias em que me encontre.

Fil 4:12-13

12 Sei passar falta, e sei também ter abundância; em toda maneira e em todas as coisas estou experimentado, tanto em ter fartura, como em passar fome; tanto em ter abundância, como em padecer necessidade. 13 Posso todas as coisas naquele que me fortalece.

Fil 1.12-14

12 E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram têm antes contribuído para o progresso do evangelho; 13 de modo que se tem tornado manifesto a toda a guarda pretoriana e a todos os demais, que é por Cristo que estou em prisões; 14 também a maior parte dos irmãos no Senhor, animados pelas minhas prisões, são muito mais corajosos para falar sem temor a palavra de Deus.

1Cor 11.1 Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo.

At 2.42-47

42 e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. 43 Em cada alma havia temor, e muitos prodígios e sinais eram feitos pelos apóstolos. 44 Todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum. 45 E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um. 46 E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, 47 louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos.

Mt 28.18-20

18 E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. 19 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.

At 14.19-22

19 Sobrevieram, porém, judeus de Antioquia e de Icônio e, havendo persuadido as multidões, apedrejaram a Paulo, e arrastaram-no para fora da cidade, cuidando que estava morto. 20 Mas quando os discípulos o rodearam, ele se levantou e entrou na cidade. No dia seguinte partiu com Barnabé para Derbe. 21 E, tendo anunciado o evangelho naquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, Icônio e Antioquia, 22 confirmando as almas dos discípulos, exortando-os a perseverarem na fé, dizendo que por muitas tribulações nos é necessário entrar no reino de Deus.

Sl 126.5-6

5 Os que semeiam em lágrimas, com cânticos de júbilo segarão. 6 Aquele que sai chorando, levando a semente para semear, voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo os seus molhos.

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.