O Reino não pode perder

Eu queria dar continuidade a respeito de duas visões que o Senhor trouxe para mim e eu compartilhei isso no grupo familiar na casa de Carlinhos e a outra foi no dia 31 durante o culto, e o Senhor me pediu para relembrar isso.

Quando estávamos na casa de Carlinhos e Neuza, durante a oração, Deus me deu a visão de uma pessoa que tinha muitos troféus e colocando sempre mais um em sua estante com muita alegria. E Deus me falou que aqueles troféus representavam a disposição daquela pessoa em se agradar, em buscar aquilo que o seu coração almejava. E os troféus representavam trabalho, dinheiro, faculdade, honra, interesse próprio, carro, casa, todo troféu que conquistava, botava na estante, e nessa visão quando ele iria colocar o último troféu ele olhava para trás e ali estava Jesus com uma rede em seu ombro, Jesus chamava essa pessoa e dizia, não te chamei para isso, te chamei para ser pescador de homens. E ali passava aquela rede para a pessoa e o Senhor mostrava a ele a estante cheia de suas conquistas e disse: a traça e a ferrugem consumirá tudo, não ficará nada, mas a semente que vai ficar para sempre será quando você usar essa rede, que é o tesouro que nem a traça, nem a ferrugem consomem.

E a segunda visão foi no dia 31, onde estávamos sendo levados pelo mover do Espírito, onde seria um ano que seríamos cheios do Espírito e teríamos mais intimidade com Deus. E o Senhor me deu uma visão que Ele estava no fundo, em águas profundas e o Senhor chamava uma pessoa que estava à beira, com águas um pouco abaixo da canela, e o Senhor chamando a pessoa para o fundo, para águas profundas, para o conhecimento, vem para comunhão, e essa pessoa que estava à beira olhava para trás na areia e lá estava cheio de objetos e ela dava um passo para frente, e olhava para trás e voltava. E o Senhor na visão me falou que o que ela estava olhando ali naqueles objetos também representava dinheiro, trabalho, estabilidade, faculdade, escola, carro, casa e aquilo a impediam de ir ao profundo com o Senhor. E nessa visão graças a Deus essa pessoa tomou a decisão de mergulhar e foi ao encontro de Jesus, e chegando junto ao Mestre as ondas começavam a trazer os objetos para junto dela. E o Senhor me falou fortemente:

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e as demais coisas vos serão acrescentadas. – Mateus 6:33

Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. Mateus 6:21

Podemos ter várias necessidades irmãos, trabalho, dinheiro, estudo, descanso, lazer e tantas outras coisas. Algumas delas podem até serem justas, merecidas, algumas destas nunca vamos deixar de ter, o problema é quando elas se tornam prioridades e investimentos todo nosso tempo e força, nossas prioridades não direcionadas por Deus vão nos satisfazer, nos realizar, vão nos deixar felizes, mas podemos não estar sendo aprovados por Deus.

Irmão, Deus nos chama, para que junto com o Espírito Santo que não acusa, mas que convence, a nós podermos refletir juntos, onde está o nosso coração?
Quando o nosso coração não está movido pela vontade do Senhor, as nossas prioridades também não vão ser guiadas pelo Senhor, e às vezes nos perdemos, ficamos sem direção, sem rumo e precisamos novamente voltar, nos arrepender, orar, clamar, porque que coisa difícil é o nosso coração meus irmãos, por isso creio que o maior milagre que Deus faz na vida de uma pessoa, não é fazer enxergar, nem levantar o coxo, nem curar uma enfermidade ou dar um bom emprego apenas, mas converter o nosso coração, esse é o maior milagre que Deus deseja fazer em nossas vidas. Deus nunca vai extirpar de nós a nossa vontade, nem se intrometer em nossas decisões, mas Ele deseja e clama, que a nossa vontade seja a vontade d’Ele, que o nosso coração seja repleto de gozo e de desejo de agradá-lo, e quando o nosso coração não está convertido a isso corremos um grande risco achando que está tudo bem, estamos fazendo a obra, estamos nos reunindo, às vezes até tendo um tempinho para orar, para ler a palavra, mas muitas vezes não estamos fazendo a vontade do Pai.

O nosso coração é tão enganoso que criamos justificativas, até boas aos olhos humanos, nosso coração faz trocas, basta orar duas vezes na semana que está tranquilo, deixo de ir no domingo, mas vou no grupo, não vou no domingo nem na segundo, mas vou no grupo de oração, porém não é isso que Deus deseja, Ele deseja que todos os dias Ele seja o Senhor do nosso tempo, da nossa prioridade, da nossa casa, do nosso dinheiro, de tudo meus irmãos.
Quando isso não está acontecendo, isso se chama religiosidade. E Deus não nos chamou para sermos religiosos, e sim para sermos discípulos. Quem tem sido o nosso Senhor?
A decisão de Jesus em priorizar o Reino e a vontade de Deus, satisfez ao Senhor e o agradou:

E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. Mateus 3:17

Deus é um Deus de bondade, Ele não deseja o nosso mau, Ele sabe e conhece nossos corações. E se o nosso coração todos os dias diante dele falar: eu quero isso Senhor, e isso, e Deus perceber uma motivação errada no nosso coração e nós não nos quebrantarmos e nos arrependermos, Ele preferirá nos perder por um tempinho para que no retorno você volte 100% arrependido. Um coração dividido, não é um coração 100% ao Senhor. Eu quero, mas eu quero, o que tem de errado nisso, e investimos tempo e força, e Deus realiza o desejo do nosso coração, mas é o que Ele quer? Não!

Estava no coração de Deus, o filho pródigo pedir sua parte na herança e sair de casa? Não. Mas o coração daquele jovem já estava cheio daquilo, e Deus preferiu perde-lo por um pouco de tempo. E o jovem quando voltou seu pai falou: Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. Lucas 15:24
Vivo para fazer a vontade do Senhor. As vezes muitos de nós podemos estar mortos irmãos, mas Deus quer ressuscitar nosso coração.

E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores. E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai. Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus. Disse também outro: Senhor, eu te seguirei, mas deixa-me despedir primeiro dos que estão em minha casa. E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus. Lucas 9:57-62

No versículo 61, algo chama a atenção “deixa-me primeiro”. O Senhor ou é primeiro, ou pra Ele não serve. Muitas vezes com o passar do tempo nós esquecemos quem é a prioridade em nossas vidas.

O Reino de Deus não pode mais perder, o Reino de Deus em nossas vidas, em nossas decisões tem que parar de perder. Nossas decisões e prioridades têm sempre que agradar a Deus e estar dentro da Sua vontade.
Muitas vezes em nossas vidas o Reino tem perdido, tem sido segundo plano na minha vida. Primeiro é a minha satisfação, os meus objetivos e até com boas justificativas, mas como vou sustentar o Reino, não é você nem eu que sustenta, é Deus que supre.

Quando almejamos algo, que força, que vontade, que empenho. Quando é para o Senhor, que dificuldade, para irmos ao culto perguntamos, será que vai chover? Vai estar tudo alagado. Mas não podemos chegar para o nosso chefe e falar: está chovendo hoje, não vou trabalhar. Às vezes nos ocupamos com muitas coisas, e o nosso coração é tendencioso a isso. O Reino sempre perdendo.

Qual é a meta do discípulo? Para que nós somos discípulos? Para fazermos discípulos. Faculdade nenhuma é impedimento para isso, trabalho nenhum é impedimento para isso, cursinho nenhum é impedimento para isso, nem ônibus ou trânsito, e por que o Reino tem sempre que perder?
Quando fomos chamados para sermos discípulos, Jesus tem que ser a minha prioridade. Se somos de Jesus, devemos nos revestir d’Ele.
Por que o Reino tem sempre que perder ou esperar?
Como posso medir meu compromisso com o Senhor? Pelos frutos da minha vida. Os frutos da minha vida mostram o meu compromisso.
Qual é a minha prioridade, amor e paixão?

Um discípulo cheio de amor por Jesus ele contagia outros.

“Eu me lembro de que muitas vezes, ainda solteiro, no ônibus de Pau Amarelo, uma querida irmã morava no meio do caminho e eu sabia de que quando ela entrava no ônibus, ela tinha que falar de Jesus. Eu já pedi perdão a ela, pois muitas vezes eu deixava o primeiro ônibus passar para pegar o segundo, porque eu não estava a fim de evangelizar. Certo dia deixei o primeiro ônibus passar e peguei o segundo, porém nesse dia quando passou em frente à rua onde ela morava, já vem a irmã correndo. Fiquei na torcida para ver se o ônibus saía, mas ela subiu. Fiz de conta que estava dormindo, mas senti algo tocar em meu ombro e a dizer distribui os folhetos.”
Mas cheia do amor contagia, um coração cheio de Jesus contagia os demais. Esse é o desejo de Deus para nós, o nosso dia a dia, nossos frutos demonstram a minha prioridade, como é o meu coração.

Jesus não deu tempo, Ele disse que se formos discípulos iremos fazer discípulos. Ainda não encontrei na palavra, você irá se converter e só daqui a 3 ou 4 anos vai começar a dar fruto. O nosso testemunho já tem a capacidade de gerar frutos.

“No meu segundo dia de convertido o meu discipulador me colocou numa enrascada. Ônibus novamente lotado, eu com apenas 2 dias de convertido, ele me disse: em tal ponto você vai se levantar e falar de Jesus. Eu disse: eu estou aqui para aprender. Ele disse: você já se converteu já tem algo poderoso para falar. O ônibus lotou de tal maneira, eu comecei a ficar nervoso, ele se levanta lá na frente e grita: Ô João você que está nesta cadeira mais alta, o que Jesus fez na sua vida?”
O coração dele desejava Jesus.

Irmãos, hoje o mundo ele nos conduz a tomar uma decisão, eu não posso servir a dois senhores, devo decidir a qual senhor eu desejo servir. No coração do discípulo só há um trono, só deve haver um reinar, não pode haver outro.

Por que o Reino tem sempre que perder?
Porque eu tenho que me preparar para ser um bom profissional, porque tenho que me preparar para ser um bom aluno na faculdade, porque concursos que pagam bem em 6h de trabalho, isso tudo é verdade, mas eu, João, tenho aprendido que um coração que não tem prioridades no Reino, será um coração que nunca será saciado.

Pedimos ao Senhor um emprego de 6 horas e empenhamos nossas forças naquilo. E já cheguei a ouvir neste período vou passar os discípulos para outros, pois não terei tempo. Aí Deus dá, é o coração, Deus responde conforme o nosso coração. Daqui a pouco a prioridade é uma casa, é o inglês, espanhol, francês. Ocupa-se tempo com tudo, tenho aprendido que quando priorizo algo, outra coisa deixa de ser prioridade. Nós não podemos estar ao mesmo tempo em dois lugares. Um coração que ama ao Senhor, que tem prioridades com o Senhor, nada é empecilho.

Recordo-me de Fred, com aquele irmão aprendi muito. Ele era um rapaz esforçado, muito inteligente, primeiro lugar na sua turma, mas fez discípulos. Faculdade, Escola Técnica, trabalhando, casando, você olha para sua vida, frutos. Faculdade não foi empecilho, nem o seu trabalho, frutificou.

Conheço Paulão há muitos anos, estuda, trabalha, família, cidades, frutificou.

Tenho aprendido que quando a semente que está em nosso coração não é a prioridade em Cristo, nunca seremos saciados, sempre o nosso coração colocará um objetivo um desejo, cuidado, podemos estar realizados, felizes, mas não aprovados. Tudo isso vai ficar, o que Jesus vai olhar, serão os frutos que permanecem.

Desde agora tenho ensinado a meus filhos a priorizarem o Reino de Deus. Desejo que eles sejam excelentes profissionais, naquilo que Deus irá colocar, mas meu maior desejo é vê-los morrendo para Jesus. Que não sejam envolvidos com coisas que tirem a prioridade.

Que a nossa alegria não seja apenas ter sido aprovado numa faculdade, mas que seja ganhar vidas para Jesus naquela faculdade. E vou usar o meu trabalho como uma ferramenta e não como um alvo de vida.

Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. Mateus 6:19-21

O versículo 25 de Mateus 6, Jesus fala para não andarmos ansiosos.
Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? Mateus 6:25-26

Às vezes duvidamos disso, e dizemos: Deus não cuida de mim, por isso que eu tenho que me esforçar para tantas coisas. E o meu futuro? E como vai ficar minha família? Como será minha aposentadoria, como vai ficar? Vou depender do governo é?

Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda. E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina; Porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas. Mateus 7:24-29

Em Lucas fala o mesmo, porém quero chamar a atenção para algo. Jesus chama a atenção logo no início de algo que é muito profundo, está falando sobre fundamento de vida. E por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo? Lucas 6:46

Para que eu possa construir um edifício e ele não caia, como deve está o solo onde serão colocadas as bases? Firme. Um solo bom, onde não pode haver desníveis.

Hoje, como tem sido o terreno do nosso coração?

Qual o tipo de terreno que hoje está em nosso coração?

Eu posso hoje estar edificando algo sem ser a ordem de Jesus, sem ser a direção de Jesus. Quando isso acontece corre um grande risco de vir abaixo. Para que toda edificação tenha segurança, um bom solo é indispensável. Deus deseja edificar o Seu Reino em nossos corações, estabelecer o seu reinar em nossos corações. Mas como está o nosso coração?
O nosso coração e as suas intenções mostram qual será a obra que está sendo construída em nossa vida.

É o texto de Mateus 6:21 Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.

Nossas prioridades hoje, o meu tempo hoje, o que tenho feito hoje, irão mostrar que obras estou construindo em meu coração.
Por isso que o maior milagre que Deus pode fazer é converter o nosso coração e continuar a converter todos os dias. A edificação de Jesus não é tijolo, nem cimento, a edificação que Ele quer construir é a Sua vida em nós, para que Sua vida em nós possa gerar outras vidas. E isso é o que vai permanecer.

Nossos filhos serão o nosso reflexo, se meus filhos não me virem amando ao Senhor, priorizando ao Senhor, eles crescerão da mesma forma. Se nós como discípulos de Jesus, como irmãos, não tivermos essa paixão pelo Senhor e Sua obra, não poderemos contagiar um ao outro.

Hoje temos muitos irmãos preciosos, que dominam um joystick perfeitamente, dominam Facebook, Internet perfeitamente, atualizados em tudo. Muitas vezes nossas conversas infelizmente não são mais, como vai fulano ou cicrano está precisando de ajuda, mas sim, qual o filme ou novela do momento, qual o seriado do momento, as contratações do meu clube, como será a disputa.

Tenho aprendido na minha casa a dizer não à televisão. Hoje se não tivermos um Playstation em casa é pecado, se não tiver um computador na Internet é pecado, eu sou atrasado. Mas o que isso tem edificado na tua vida?

Conversando com um irmão, lembramos que nunca mais ouvimos dizer: eu preciso ir visitar alguém, evangelizei alguém e preciso ir visita-lo. Eu tenho um contato quente que evangelizei hoje, quer Jesus, como é que a gente faz?

Faça o seguinte: passe um dia sem ligar sua televisão ou entrar no Facebook. Você irá saber se isso está te dominando ou não. E se tiver me dominando é porque estou sendo escravo daquilo, prefira ler a palavra, ouvir um DVD (Marcos Witt, Asaph Borba), com toda convicção digo que você irá se realizar.

O Reinar de Cristo em nossas vidas é simples, tudo o que temos aprendido, estamos ouvindo, se não mudar a nossa vida pode ser qualquer outra coisa menos o Reino de Cristo. Porque o Reinar de Cristo, não mexe com nossas emoções, mas nos leva ao arrependimento. O Senhor ficará muito feliz se nos arrependermos, se clamarmos ao Senhor pedindo para mudar nossas prioridades, para ouvir a Sua voz.

O mundo não sabe agradar a Deus, o conselho do ímpio é ofensa aos ouvidos do Senhor e infelizmente muitas vezes nós caímos somos levados por isso, por essas influências e o Reino sempre perdendo.

Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele, Arraigados e edificados nele, e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, nela abundando em ação de graças. Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo; Colossenses 2:6-8

Que o Espírito Santo nos ajude. Essa semente não pode entrar mais para contaminar o terreno do meu coração. Não devemos dar ouvido a isso, pois o mundo não sabe agradar a Deus. O mundo tentará de todas as formas para tirar tua atenção de Cristo, te encher de tarefas, tirar tua comunhão com o Senhor, roubar o teu tempo.
Nós estamos aqui para sermos e fazermos discípulos, para frutificar em Deus, cuidar de vidas, dando nossa vida pelas vidas. Nenhuma atividade pode ser empecilho para isso.
Deus deseja mudar isso, se algo precisa ser confessado, confessa, mas chega o Reino não pode mais perder.

Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;
Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.
E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição.
E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.
Colossenses 3:12-15

Culto ministrado por João Rodrigues – Cabugá

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.