O que realmente agrada a Deus?

A Palavra de Deus diz: “Eis que o obedecer é melhor do que sacrificar…” (1 Sm 15.22)

Já ouvimos muito sobre isto, mas precisamos praticar muito mais. Sacrificar é tentar agradar a Deus com adoração, louvor, com cânticos…expressões exteriores de culto. “Sacrificar” é agradável ao Senhor. Ele não despreza o louvor, a adoração. Nós já sabemos que Ele procura adoradores e precisamos crescer na experiência de adoração.

Mas Ele faz uma declaração definitiva: “Obedecer é melhor que sacrificar”.  Que quer isto dizer? Que a adoração vem em segundo lugar e que a lei toma o primeiro? De modo nenhum! Que quer isto dizer, então?

Quer dizer que a  obediência é a forma de adoração preferida por Deus.

De uma coisa a igreja está sendo esclarecida pelo Espírito Santo: acostumamo-nos com as expressões externas (religiosas) e as tomamos como “a coisa” de Deus. Então a ênfase recai sobre “reuniões”. O Espírito Santo está mostrando que é a vida que interessa a Deus. A submissão interior ao senhorio de Cristo é que conta. A ênfase recai então sobre a obediência.

O culto é importante! Mas que culto? Paulo fala de “culto racional”: apresentar-se com corpo e tudo, de modo bem real, em sacrifício (cada hora), santo (limpo, livre), agradável (obediente) a Deus.

O culto juntos, como congregação, só tem significado quando brota de corações obedientes. E quando há isto, toda a atenção do Senhor, Seu amor e Seu cuidado vem sobre a igreja, porque a vida dela Lhe agrada.

Vamos agradar a Deus?

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.