O que é a Bíblia e qual a sua origem

Bíblia é a sagrada escritura, o conjunto de livros do Antigo e do Novo Testamento, que contém as doutrinas que orientam o comportamento dos cristãos. Do grego “biblion”, que significa “livro”, “rolo”. A palavra Testamento (em hebraico “berith”) significa aliança, contrato, pacto.

Diversas versões da bíblia

Diversas versões da bíblia

Bíblia é a sagrada escritura, o conjunto de livros do Antigo e do Novo Testamento, que contém as doutrinas que orientam o comportamento dos cristãos. Do grego “biblion“, que significa “livro”, “rolo”. A palavra Testamento (em hebraico “berith“) significa aliança, contrato, pacto.

A Bíblia judaica é chamada de Velho Testamento pelos cristãos. A primeira Bíblia conhecida pelos cristãos foi a judaica, na qual vêm a profecia da vinda de Jesus. A Bíblia judaica era conhecida em duas formas pelos cristãos antigos: a original em hebraico e a tradução grega conhecida como Septuaginta.

O Novo Testamento é formado pelos Evangelhos, Atos dos Apóstolos, Cartas, e o Apocalipse. Foi inteiramente escrito em grego. Jesus falava aramaico (um idioma semítico), sendo que algumas palavras desse idioma permanecem no Novo Testamento.

A Bíblia Sagrada é o livro mais vendido de todos os tempos e já foi traduzida em mais de 2.000 idiomas.

O primeiro livro da Bíblia, o Gênesis, foi escrito por volta de 1 445 a.C. e o último livro, o Apocalipse, foi escrito por volta de 90 a 96 d.C. A Bíblia foi escrita por aproximadamente 40 homens, em um período que totalizou cerca de 1 600 anos.

O Antigo Testamento possui 39 livros que relatam histórias relacionadas à criação do mundo e todos os acontecimentos que se seguiram até aos anos 445 a.C. No seu último livro (Malaquias), fala sobre a vinda do Messias.

Para os católicos, a Bíblia é composta por 73 livros divididos em 46 do Antigo Testamento e 27 do Novo Testamento. Para os protestantes, a Bíblia tem 66 livros, 39 do Antigo Testamento e 27 do Novo Testamento.

Dentre os inúmeros livros apócrifos (que não foram escritos por inspiração divina), existem 7 livros sagrados reconhecidos pela Igreja Católica que não constam no Antigo Testamento da Bíblia cristã: Tobias, Judite, I Macabeus, II Macabeus, Sabedoria, Eclesiástico e Baruque.

O Novo Testamento possui 27 livros que apresentam a história de Jesus Cristo, englobando acontecimentos durante sua vida e após a sua morte. Os Atos dos Apóstolos narram a história mais antiga da Igreja, enquanto os quatro Evangelhos retratam, de formas diferentes, a vida de Jesus. O Novo Testamento contém também as cartas de São Paulo, entre outras.

No final do Novo Testamento, está o Livro do Apocalipse, que descreve o fim do mundo e a Segunda Vinda de Jesus, onde todos seriam julgados e o governo justo de Deus viria à Terra.

Divisões e Classificações da Bíblia

Livros o Antigo Testamento: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio, Josué, Juizes, Rute, 1 Samuel, 2 Samuel, 1 Reis, 2 Reis, 1 Crônicas, 2 Crônicas, Esdras, Neemias, Ester, Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cânticos, Isaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel, Daniel, Oseias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias, Malaquias.

PentateucoGênesis, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio.

Livros HistóricosJosué, Juízes, Rute, 1 Samuel, 2 Samuel, 1 Reis, 2 Reis, 1 Crônicas, 2 Crônicas, Esdras, Neemias, Ester.

Livros PoéticosJó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cânticos.

Profetas MaioresIsaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel, Daniel.

Profetas Menores: Oseias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias, Malaquias.

Livros do Novo Testamento: MateusMarcosLucasJoão, Atos, Romanos, 1 Coríntios, 2 Coríntios, GálatasEfésiosFilipensesColossenses, 1 Tessalonicenses, 2 Tessalonicenses, 1 Timóteo, 2 Timóteo, Tito, , Filemon, HebreusTiago, 1 Pedro, 2 Pedro, 1 João, 2 João, 3 João, Judas, Apocalipse.

Evangelhos: Mateus, Marcos, Lucas, João.

Livro Histórico: Atos.

Cartas de PauloRomanos, 1 Coríntios, 2 Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, 1 Tessalonicenses, 2 Tessalonicenses, 1 Timóteo, 2 Timóteo, Tito, Filemom.

Cartas de Outros Apóstolos: Tiago, 1 Pedro, 2 Pedro, 1 João, 2 João, 3 João, Judas.

Livro Profético: Apocalipse.

Algumas versões/traduções da bíblia

Existem dois métodos/tipos de tradução existentes:

1) Por Equivalência Formal: a característica desse método é transmitir palavra por palavra, ou seja, você vê o equivalente da palavra em hebraico no português. O princípio da equivalência formal foi o que orientou a maioria das traduções bíblicas até pouco tempo, e sobre ele foram embasadas as traduções da Reforma Protestante do século 16. Exemplo de Bíblia por tradução por Equivalência Formal: Almeida Corrigida.

2) Por Equivalência Dinâmica (ou funcional): a característica desse método é primeiro se interpreta a frase no original e se pergunta qual seria o equivalente dinâmico no idioma para qual estamos traduzindo. O princípio da equivalência dinâmica busca transmitir o significado que seguramente deveria ter o texto que se traduz, deixando em segundo lugar o significado concreto das palavras (esse tipo de método ocasiona abertura para paráfrases). Exemplo de Bíblias por tradução por Equivalência Dinâmica (ou funcional): A Mensagem e a Bíblia na Linguagem de Hoje.

  • Almeida RA – Revista e Atualizada
  • Almeida RC – Almeida Revista e Corrigida
  • FIEL – Almeida Corrigida Fiel
  • Almeida Século 21 – revisão da Almeida
  • Almeida Original
  • BLH – Bíblia na Linguagem de Hoje
  • TLH – Tradução na Linguagem de Hoje
  • NTLH – Nova Tradução na Linguagem de Hoje
  • NVI – Nova Versão Internacional
  • Bíblia de Jerusalém / Nova Bíblia de Jerusalém
  • Viva
  • Bíblia Pentecostal
  • A Mensagem

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.