O que a bíblia diz sobre o natal?

O que a bíblia diz sobre o natal? NADA!

Biblicamente falando essa comemoração não tem nenhum sentido. A Palavra de Deus não autoriza nenhum evento especial na igreja, nem um dia santo para comemorar o nascimento de Jesus. Também não aprova um materialismo egoísta sustentado por um consumismo descontrolado.

Existe alguma base bíblica para árvore de natal e troca de presentes?

NENHUMA

O costume de dar e receber presentes nesta época chamada natalina, não tem nada a ver com o verdadeiro cristianismo.

“Tendo Jesus nascido em Belém da Judéia, em dias do rei Herodes, eis que vieram uns magos do Oriente a Jerusalém”. “Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra”. – Mt. 2: 1, 11

Em Rm. 12: 1 – Paulo nos exorta a não nos conformar com este século (mundo, sistema de valores da sociedade).

Tudo isto tem tirado os olhos de muitos discípulos descuidados, pelo fato de não examinarem as escrituras. (At. 17: 11) “As pessoas dali eram mais bem educadas do que as de Tessalônica e ouviam a mensagem com muito interesse. Todos os dias estudavam as Escrituras Sagradas para saber se o que Paulo dizia era mesmo verdade”.

A nossa comemoração: A vida e a obra de Jesus

O cuidado que devemos ter durante o mês de dezembro, é de não descuidarmos, desviando a nossa atenção para crenças tradicionais e doutrinas humanas que sem darmos conta, vai nos levando para os enganos.

“Expondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Cristo Jesus, alimentado com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido. Mas rejeita as fábulas profanas e de velhas caducas. Exercita-te, pessoalmente, na piedade. Pois o exercício físico para pouco é proveitoso, mas a piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser. Fiel é esta palavra e digna de inteira aceitação. Ora, é para esse fim que labutamos e nos esforçamos sobremodo, porquanto temos posto a nossa esperança no Deus vivo, Salvador de todos os homens, especialmente dos fiéis”. – I Tm. 4: 6-11

Algumas Considerações

1 – Jesus é um ser eterno

(Jo. 1: 1-3), (Hb. 7: 3)

“… sem pai, sem mãe, sem genealogia; que não teve princípio de dias, nem fim de existência, entretanto, feito semelhante ao Filho de Deus), permanece sacerdote perpetuamente”.

Jesus não nasceu, portanto no mês de dezembro.

2 – A nossa comemoração

( I Co. 6: 14) “Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará a nós pelo seu poder.

3 – A nossa atitude

(At. 10: 38) “como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele”.

Devemos  e andar como Jesus andou aqui nesta terra. (I Jo.2: 6) “aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou.

4 – A nossa missão

(I Co. 15: 12-19) – “Ora, se é corrente pregar-se que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como, pois, afirmam alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, então, Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé; e somos tidos por falsas testemunhas de Deus, porque temos asseverado contra Deus que ele ressuscitou a Cristo, ao qual ele não ressuscitou, se é certo que os mortos não ressuscitam. Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E ainda mais: os que dormiram em Cristo pereceram. Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens.

A base da nossa pregação é o Poder da Vida e da Obra de Cristo consumada.

5 – A nossa esperança

(I Ts. 1: 10) “…e para aguardardes dos céus o seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, Jesus, que nos livra da ira vindoura. Jesus voltará. Essa é a nossa esperança bendita. Esse aspecto da vida de Jesus nos impulsiona a uma vida de santidade e santa expectativa.

Jesus viveu de maneira perfeita e irrepreensível durante os dias de Sua Encarnação. Sendo Deus se esvaziou de toda divindade para nos deixar exemplo de como devemos viver e obedecer até o fim de nossos dias, nos preparando para seu tão esperado retorno. (I Co. 15: 50-58) “Isto afirmo, irmãos, que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção. Eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade. E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita:Tragada foi a morte pela vitória.Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão”.

Conclusão

Não podemos nos deixar levar por todo o vento de doutrina, (Dogmas religiosos) pela artimanha dos homens, pela astúcia nos quais nos induzem ao erro. Se temos que nos alegrar, se temos alguém para presentear, este é JESUS. Somente Ele deve ser exaltado, adorado e comemorado e, não apenas durante um período ou mês do ano, mas por todos os dias, semanas meses, anos, séculos dos séculos. Amém.

fonte: www.igrejaemsaovicente.com.br

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.