O Propósito de Deus para a Família

Hoje vemos uma sociedade corrompida, onde este é o espelho das famílias que encontramos. Temos vários exemplos sem ir muito longe, e muitas vezes estão dentro de nossa própria casa, através dos conflitos, que geram consequências por quebra de princípios estabelecidos para o lar.

Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois assim dá ele aos seus amados o sono. Eis que os filhos são herança do SENHOR, e o fruto do ventre o seu galardão. Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade. Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os seus inimigos à porta. – Salmos 127

Deus nos criou e designou a família como a mais fundamental das relações os seres humanos.  Em nosso mundo de hoje em dia, vemos famílias atormentadas pelo conflito e arrasadas pela negligência e o abuso. O divórcio tornou-se uma palavra comum, significando miséria e dureza para milhões de pessoas. Muitos homens podem jamais aprenderem a serem esposos e pais devotados. Muitas mulheres estão fugindo de seus papéis dados por Deus. Pais que não têm nenhuma ideia de como preparar seus filhos estão assim perturbados pelo conflito com seus atos rebeldes. Outros simplesmente abandonam seu dever, deixando filhos sem qualquer preparação ou provisão. E isso, infelizmente é o que vemos diariamente nas manchetes das mídias, escrita, falada e televisada.

Hoje vemos uma sociedade corrompida, onde este é o espelho das famílias que encontramos. Temos vários exemplos sem ir muito longe, e muitas vezes estão dentro de nossa própria casa, através dos conflitos, que geram consequências por quebra de princípios estabelecidos para o lar. Pais ausentes e alheios à vida e comportamento de seus filhos, e filhos insubmissos aos pais, por não terem o padrão dos pais, não tem segurança, não tem disciplina, nem correção de acordo com os princípios bíblicos estabelecidos na palavra de Deus.

Família é a base de tudo que sustenta uma sociedade. Deus não fez um monte de indivíduos para viverem isolados. Quando Ele criou o homem, deu a ele uma mulher e disse que gerassem filhos e filhas, e povoassem e enchessem a terra. Uma sociedade forte tem em sua base famílias fortes, equilibradas.

Lembro que estudei na escola uma matéria que se chamava ESENE (estudo social e econômicos do nordeste) e lembro claramente de uma frase nos primeiros dias de aula desta matéria, a qual dizia. “a célula mater da sociedade é a família”.

Diante de tantas distorções, haverá uma solução? Poderemos evitar tais tragédias em nossas famílias? Poderão os casais jovens manter o brilho do amor, décadas depois de fazerem os votos no casamento? Haverá esperança de recuperação dos terríveis erros do passado?

A resposta para todas estas perguntas é SIM! As soluções raramente são fáceis.

Porem, olhando para esta introdução, muitos de nós deve está olhando para este assunto e dizendo é meu amigo de trabalho deveria estar aqui para ouvir isso, ou minha irmã, ou meu irmão que não conhece JESUS deveria também está aqui, como algo que somente está acontecendo com pessoas não cristãs e que estão vivendo a vontade do mundo. Infelizmente irmãos, muitas vezes estão acontecendo em nossas casas, em baixo de nossos olhos, pela nossa omissão e falta de vigilância, e desvio dos padrões de Deus para Família.

A construção de lares sólidos não acontece por pura sorte. Somente pelo retorno ao padrão de Deus para nossas famílias poderemos começar a entender as grandes bênçãos que ele preparou para nós em lares construídos sobre a rocha sólida da sua palavra.

Consideremos brevemente alguns princípios básicos ensinados na Bíblia sobre a família e a origem da primeira família.

O Propósito de Deus para a Família

 Quando Deus criou Adão e Eva, ele revelou seu plano: (Gênesis 1:27-28). Este plano é claro. Um homem ligado a uma mulher que geram filhos e filhas, que geram outros filhos e filhas assim constituindo uma grande Família.

Com a entrada do pecado na vida do homem, o homem passou a gerar filhos e filhas, não mais conforme a imagem e semelhança de Deus, mais a sua imagem caída. (Gênesis 5:3)

Romanos 3:23

Deus não desiste de seu Projeto inicial, ou seja, de seu Proposito Eterno, pois como diz nosso Amado Irmão Asafe em sua lindas canções “O meu Deus é Eterno”.

Anos mais tarde, Jesus vem para restaurar a família a partir de uma nova criação, ou seja, o homem precisaria nascer de novo, pois, com sua natureza caída não serviria para o proposito eterno de Deus, homens que pela vida de Deus vivendo dentro deles pudessem gerar filhos e filhas nascidas da vontade e pelo Espirito de Deus.

  • Ser uma nova criatura implica arrepender-se de seus pecados, fazer morrer a natureza adâmica nascer novamente da agua e do espirito, ter o Espirito de Deus habitando em nós, pois o espirito do homem rebelado não tem comunhão com Deus.

E havia entre os fariseus um homem, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele. Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo. – João 3 1-7

 

O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. – João 14:17

Papéis Dados por Deus para a Família

Dentro desta estrutura do propósito Eterno de Deus, vamos considerar os papéis que Deus atribuiu aos homens, mulheres e filhos.

Aos Homens, (maridos e Pai)

Como Marido:

A responsabilidade dos esposos é bem resumida em Efésios 5:25: “Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a Igreja e a si mesmo se entregou por ela”. O esposo tem que dar honra a esposa e devoção desprendida considerando-a como “parte mais frágil” que necessita da sua proteção. Ele tem que trabalhar honestamente para prover as necessidades da família (2 Tessalonicenses 3:10-11; 1 Timóteo 5:8). Existem muitos homens que não observam suas esposas (dentre muitos eu estava incluso), que não valorizam, não há protege, nem cuida e amam. As mulheres gostam de se sentir protegidas, seguras e amadas, é uma necessidade da mulher. É por isso, que há muitas inversões de valores, por que homens não cumprem muito bem o seu papel, ai a mulher vai lá e faz, e ai se vai embora toda harmonia para um relacionamento saudável. Aconselho para os casais verem algumas ministrações do Pr. Claudio Duarte. (falando sobre a relação entre marido e mulher, criação de filhos de forma descontraída e de situações do nosso dia-a-dia, porem, muito embasado na palavra, e cheio de autoridade).

Como Pai:

Os pais são especialmente instruídos por Deus para preparar seus filhos na instrução e na disciplina do Senhor (Efésios 6:4) “Doutrina de Cristo” (ensinar a DIDAKÊ) Mateus 5, 6 e 7, olhar para vida de Cristo e imitar. Provérbios Cap. 4 (este gostaria de ler toda capitulo junto com a Igreja). Deuteronômio Capitulo 6

Este é um trabalho sério e, muito difícil, mas terão resultados eternos! Os nossos filhos existirão eternamente, ou na presença de Deus ou separados dele. A nossa maior meta para nossos filhos deveria ser: ver nossos filhos andando como discípulo de Cristo, cooperando com o seu proposito eterno, para que deem continuidade com zelo aquilo que temos passado para eles, mais como irão comunicar? Se não são comunicados, como vão fazer discípulos?’, Se não são discípulos, não deixemos o trabalho apenas para o irmão que discípula, pois, ele tem uma parcela muito boa de cooperação, porem , não alcança todo ensino que, em casa no sei da família ele irá aprender, valores e ensinos que no discipulado muitas vezes não terão a mesma oportunidade. No seu trato com o marido, ou esposa, onde com as nossas vidas vão ver e aprender como se comportar no futuro diante do futuro marido e esposa. Muitas vezes nós maridos que somos sacerdotes do lar, nos omitimos no levar o ensino, disciplina, e correção aos nossos filhos e deixamos esta tarefa para as esposas, com a desculpa que estamos ocupados demais trabalhando. É claro que nossas esposas podem e devem contribuir na instrução deles, porem, a carga é nossa como sacerdote do lar. 

Mulheres: (Esposa e Mãe)

Como Esposa e Mãe:

Uma esposa tem um papel muito desafiador no plano de Deus. Ela tem que complementar seu esposo como uma auxiliar submissa, que partilha com ele as experiências da vida. As pressões da sociedade moderna para rejeitar a autoridade masculina não obstante, a mulher devota aceita seu papel como aquela que é cuidadosamente submissa ao seu esposo (Efésios 5:22-24; 1 Pedro 3:1-2). As mulheres hoje em dia não estão observando bem as instruções quanto a seu papel dado por Deus (Tito 2:1-5).

Deus instrui as mulheres para mostrarem terna afeição aos seus maridos e filhos, e a serem honestas e fiéis donas de casa (Tito 2:4-5). Apesar dos esforços de algumas pessoas para desvalorizar o papel das mulheres que são dedicadas a suas famílias, Deus tem em alta estima a mulher que é uma boa dona de casa e uma amorosa esposa e mãe. Tais mulheres devotas são também dignas de respeito e apreciação de seus esposos e filhos (Provérbios 31:11-12,28).

Filhos

Deus também definiu o papel dos filhos. Paulo revelou em Efésios 6:1-2 que os filhos deverão:

1. Obedecer a seus pais.

Deus colocou os pais nesta posição de autoridade e os filhos têm que respeitá-los. Muitas pessoas consideram a rebeldia de uma criança como uma parte comum e esperada do “crescimento”, mas Deus coloca-a na lista com outros terríveis pecados contra ele (2 Timóteo 3:2-5).

2. Honrar seus pais.

Os pais que sustentam, instruem e preparam seus filhos devem ser honrados. Jesus mostrou que esta honra inclui prover as necessidades dos pais idosos (Mateus 15:3-6). Ouvindo uma ministração do Evangevaldo, onde o mesmo diz está aconselhando um jovem à honrar seu Pai, o mesmo instrui a este, que quando estivesse na mesma na hora do almoço, ou jantar, seja qual for a refeição ele parasse e dissesse o seguinte: Pai eu gostaria de te honrar e agradecer por esta refeição e por todos estes anos o senhor ter me sustentado e suprido de minhas necessidades. E ele disse alguém agora poderia perguntar, mais agradecer por comida? Não é obrigação do pai prover estas coisas?, é sim, mais você muitas vezes não sabe o duro que o seu pai dá no trabalho todos os dias para não te deixar faltar o alimento, deixa ele pensar que é obrigação dele, e é mais você tenha um coração grato e procure honrar seu pai.

Tenho sido nestes últimos meses confrontado por Deus, de como tenho conduzido minha vida em relação ao proposito Eterno de Deus para minha família.

Deus é quem nos dará a direção de como devemos conduzir nossa casa, e como não desviarmos do projeto original estando vigilantes e atentos aos detalhes deste projeto. Sei que no percurso vai haver erros, mais é pra isso que existe a igreja, os vínculos o discipulado, pra trazer correção ensino, perdão, e isso também faz parte do crescimento e amadurecimento de nossas vidas.

Não podemos ser omissos a este compromisso, não devemos ser apenas bons interpretes e doutores na palavra, ao conhecermos muito ao ponto até de ensinar, mais, devemos praticar e aplicar em nossas vidas e em nossa casa com nossas esposas e filhos.

Vejamos alguns textos que podem nos chamam atenção para pratica e aplicação de tudo que temos recebido da parte do Senhor e da sua amada Igreja:

Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda. – Mateus 7:24-27

E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era. Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecidiço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito. – Tiago 1:22-25

Temos aprendido com nossos pais, que o propósito eterno de Deus é ter uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus para gloria de Deus Pai. Ter a nossa vida, a vida de nossas esposas e filhos vivendo para Deus e para o seu propósito Eterno de Deus, isso é o que é todo homem bom deseja para sua família.

Eu quero,  sei que você quer, e Deus também quer, o próprio Jesus diz isso a respeito de nós:

Por isso devemos orar por isso, buscar isso para nossa casa, aplicar os princípios de Deus.

E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? – Mateus 7:9-11

Conclusão

Sei que é muito difícil corrigir erros e distorções do passado, mais não é tarde, olhe bem, por que você está aqui? O passado você não pode mudar, porem, o futuro você pode começar a plantar hoje. Mas está claro que o único modo pelo qual podemos esperar colher bons frutos, boas famílias construídas nos princípios divinos é voltar ao plano que Deus tem revelado a sua Igreja hoje e agora. Tivemos uma ministração dado através de Fernando sobre o que é Igreja, que está ecoando nos corações de vários irmãos, estamos aplicando?, Tivemos antes desta, Williams ministrando sobre a pessoa de Jesus, sua grandeza, quem Ele é, levaríamos séculos para expressar e não conseguiríamos a definição da pessoa de Jesus, por mais que tentássemos, mais temos a certeza de que Ele é a maior expressão de amor já vista, maior fonte de graça, perdão e misericórdia que possa existir, e que Ele nos quer, não sei o que Ele viu em nós, mais Ele nos ama e quer está conosco todos os dias, nos ensinando, corrigindo, advertindo, consolando. E Ele quer usar a nós como instrumento de seu amor na vida de uns para com os outros, e nas vidas de outras famílias. Por que Ele disse que iria para o Pai preparar morada, mais voltaria para nos buscar, para que onde Ele estivesse nós estivéssemos juntos com Ele. Temos que começar ou voltar a aprender estes princípios, aplicá-los em nossas vidas, e ensiná-los aos nossos filhos e aos outros.

Lembre-se, os benefícios serão eternos!

E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui. – Galatas 6:9

Persevere em fazer o bem e não desanime.

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.