O Perigo de não olhar para Jesus

Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem desanimem. Hebreus 12:1-3

Quando tiramos os olhos de Jesus, eles se desviam ou para o pecado ou para o engano das coisas lícitas que roubam o nosso tempo. A prática nestas coisas nos levam ao desânimo e cansaço espiritual.

Lendo detalhadamente o texto, entendo que me é apresentado, claramente, 2 únicas formas de olhar (se ocupar):

1- Olhar para Jesus, e
2- Olhar para o engano e/ou pecado

O engano (ou peso, ou coisas que atrapalham) podem se manifestar de diversas formas. Cito 3:
a) o engano das coisas lícitas (tv, passeio, dormir, descansar, futebol, internet, etc);
b) o engano de olhar para a vida dos outros (as fraquezas e debilidades do irmão e da igreja, o “ele passou por mim e nem falou comigo”, o “posso fazer melhor”); e
c) o engano de olhar para mim mesmo (“eu não consigo”, “eu não posso”, “isto não é para mim”).

O engano das coisas lícitas podem nos deixar até infrutíferos:

Mc 4:19
“mas, quando chegam as preocupações desta vida, o engano das riquezas e os anseios por outras coisas sufocam a palavra, tornando-a infrutífera”.

Então, se eu não estou olhando para Jesus, é porque eu estou olhando para o engano e/ou pecado. Não há uma terceira opção, não há um olhar para o limbo, por exemplo.

Ou estou olhando para Jesus, ou estou olhando para o engano e/ou pecado!

Quando desvio meu olhar de Jesus, a paisagem é desoladora, pois só me sobra ver e me ocupar:
a) Com o engano
b) Com o pecado; e
c) Com o engano e o pecado ao mesmo tempo! (Este é o pior cenário)

(O que ocorre conosco é que vivemos boa parte de nossas vidas olhando para as outras coisas, e espiando um pouco a Jesus!)

Entendo também que a prática de olhar para o engano e/ou pecado é extremamente perigosa: nos deixa desanimados e fracos!

Heb 12:3
“Pensem bem [ou seja: mantenham os olhos fixos] naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem desanimem”.

Por que enfraquecemos ou desanimamos? O desânimo e fraqueza que sentimos e, falando aos pais, que os nossos filhos sentem são fruto do para onde nós e eles (os filhos) estamos olhando!

Quem se ocupa de olhar para o engano e/ou pecado, segundo a palavra, tende a enfraquecer e desanimar! Não há outra opção!

Faço um exame simples em minha vida, e relaciono os momentos em que estive fraco e desanimado, e descubro que sempre que deixei de olhar para Jesus para olhar as minhas muitas ocupações, as minhas necessidades, o meu cansaço, as dificuldades do meu irmão, a falta de “fervor” na igreja (como se eu também não participasse dela e fosse “o fervoroso”), o meu constante pecar e não confessar, etc., foram os momentos em que desanimei e me senti fraco!

O não olhar para Jesus produz desanimo e cansaço!

A única solução para o desânimo e o cansaço espirituais é olhar para Jesus, Mt 11:28-29

Olhar para Jesus é uma modalidade de vida! Col 3:1-3

E você, para onde você tem olhado?

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.