Necessidade de olhar para Jesus

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com precioso sangue, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha, o sangue de Cristo,  o qual, na verdade, foi conhecido ainda antes da fundação do mundo, mas manifesto no fim dos tempos por amor de vós, que por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos e lhe deu glória, de modo que a vossa fé e esperança estivessem em Deus.” – 1 Pedro 1:18-21

Esta semana estive junto com alguns irmãos onde fomos lembrados pelo espírito que nós temos uma necessidade em nossa caminhada.

“fitando os olhos em Jesus, autor e consumador da nossa fé, o qual, pelo gozo que lhe está proposto, suportou a cruz, desprezando a ignomínia, e está assentado à direita do trono de Deus.” – Hebreus 12:2

Irmãos, quando tiramos o olhar de Jesus ou quando olhamos menos para Jesus, a caminhada fica perigosa, fica misturada e sem perceber beiramos a religiosidade e ficamos muito próximos de. Mas, tem algo que me atrai muito neste olhar para Jesus e que todas as vezes que pratico com intensidade, eu percebo que há um quebrantamento interior, uma submissão à vontade de Deus com menos resistência da minha parte e uma renovação de uma esperança de que não somos deste mundo.

Se a vossa esperança se resume a este mundo…

É uma coisa muito séria, se nossa esperança se resume a este mundo, somos os mais infelizes de todas as pessoas porque devemos ter a esperança em algo muito superior.

Mas o que é isso que me leva a este quebrantamento? A cruz de Cristo. Somos chamados para meditar sobre o que Cristo fez na cruz… O esvaziamento de Jesus foi tão grande que quem não poderia ser tentado foi tentado por todas as coisas e mais radical ainda é o fato da bíblia nos dizer que ele foi aperfeiçoado pelo que sofreu. Se pararmos pra pensar nisso, em que Jesus precisava ser aperfeiçoado? Durante muito tempo isso me incomodou.

Como ele precisou ser aperfeiçoado?

Ele foi aperfeiçoado para o serviço que ele se propôs. Ele se propôs a interceder por nós. Ele foi tentado para que no seu serviço como intercessor, soubesse o que é a tentação porque como Deus ele não sabia o que é ser tentado.

Ele passou por sofrimento no seu corpo, alma e espírito para poder interceder por nós, para saber o que são estas coisas e poder interceder por nós.

Precisamos meditar nestas coisas, no que Jesus fez por nós. Ele passou a ter as mesmas necessidades que nós. Precisamos gastar mais tempo meditando nestas coisas.

Não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados

A cruz fala de um resgate. Para alguém ser resgatado ele precisa estar em uma situação difícil. Pessoas em meio a maremotos, desabamentos, naufrágios,… nestas situações há resgate e é exatamente isso que ele fez conosco. Nos das resgatou das trevas através do seu sangue.

Hoje, vamos comer pão e vinho, e este pão é gostoso, mas não foi nada bom morrer na cruz como ele morreu. Pra quem gosta de vinho, ele é agradável, mas pra Jesus não fui nada agradável. Foi um resgate que toda a prata e ouro do mundo não poderiam pagar, mas tudo isso foi para que ainda hoje Ele pudesse interceder por nós e para isso Ele precisou ser aperfeiçoado.

É desse resgate que o pão e vinho fala. Não foi mediante a coisas corruptíveis, mas pelo precioso sangue sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo.

Por meio deste sangue, desta cruz podemos crer em Deus e que por muito tempo tivemos um coração de pedra (pedra porque a pedra não reage ao que Deus faz), ele tirou este coração de pedra e colocou um coração de carne (que pode perceber o toque de deus, que sente sua presença).

Muitas vezes dizemos: “Jesus ressuscitou!” Esta frase não é bíblica. Jesus foi ressuscitado. Ele foi ressuscitado pelo poder de Deus e Deus lhe deu glória, lhe deu um nome que está acima de todo nome para que nossa esperança esteja em Deus.

Agora podemos ter bom animo, os que decidem andar debaixo desta cobertura tem bom animo.

O religioso não tem esta esperança, na tribulação o religioso busca esperança em outras coisas.

Ele é o socorro no dia da tribulação.

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.