Lição infantil Parábola do bom Samaritano

Deus deseja que demonstremos amor prático a todas as pessoas.

Principio da lição: Deus deseja que demonstremos amor prático a todas as pessoas.

Texto base:

“E eis que se levantou certo doutor da lei e, para o experimentar, disse: Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Perguntou-lhe Jesus: Que está escrito na lei? Como lês tu? Respondeu-lhe ele: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. Tornou-lhe Jesus: Respondeste bem; faze isso, e viverás. Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: E quem é o meu próximo? Jesus, prosseguindo, disse: Um homem descia de Jerusalém a Jericó, e caiu nas mãos de salteadores, os quais o despojaram e espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto. Casualmente, descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e vendo-o, passou de largo. De igual modo também um levita chegou àquele lugar, viu-o, e passou de largo. Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou perto dele e, vendo-o, encheu-se de compaixão; e aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando nelas azeite e vinho; e pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem e cuidou dele. No dia seguinte tirou dois denários, deu-os ao hospedeiro e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que gastares a mais, eu to pagarei quando voltar. Qual, pois, destes três te parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores? Respondeu o doutor da lei: Aquele que usou de misericórdia para com ele. Disse-lhe, pois, Jesus: Vai, e faze tu o mesmo.” – Lucas 10:25-37

Texto chave:

“Assim como eu os amei, amem também uns aos outros” – João 13:34b

Objetivos educativos:

  • Saber que Jesus deseja que sejamos bondosos para com todos, não importa quem seja
  • Saber que fazer o bem alegra o coração de Deus
  • Demonstrar amor prático a alguém necessitado esta semana.

História Bíblica

Hoje temos uma linda história para contar, outra parábola.

Um dia um homem, um professor da lei perguntou a Jesus:

-Qual é a lei mais importante?

Jesus respondeu: Você já sabe!

-Sim respondeu o professor! “Devemos amar a Deus de todo coração e ao nosso próximo como a nós mesmos” Mas… quem é o meu próximo? – Perguntou o professor.

Então Jesus contou esta parábola para explicar o ao professor quem era o seu próximo:

Um homem de Israel (um judeu) estava descendo de Jerusalém para Jericó. Tal vez fosse a trabalho, ou para comprar alguma coisa porque levava dinheiro com ele. (Líder pegue a cidade de Jericó – Figura 2- e pregue na parede do lado esquerdo, e no outro extremo pregue Jerusalém – Figura 3-, no meio coloque o viajante – figura 4).

Este trajeto era muitas vezes perigoso porque era um lugar desértico. Havia alguns ladrões escondidos esperando o primeiro viajante que atravessa-se para roubar os seus pertences. (neste momento, o líder ergue o rostinho triste e todas as crianças deverão imitá-lo). Quando o viajante atravessava tranquilamente, os ladrões o assaltaram, tiraram sua roupa, bateram nele e o deixaram quase morto. (Figura 5 e 6) (e troca o viajante em pé pelo que esta no chão figura 7) Que coisa feia

eles fizeram , não é mesmo? (O líder ergue novamente o rostinho triste e todas as crianças deverão imitá-lo)

Acontece que um sacerdote (que é como um pastor) estava descendo por aquele mesmo caminho.

(Figura 8) Quando viu o homem, tratou de passar pelo outro lado da estrada. Este também não fez a escolha certa! (erguer o rostinho triste).

Também um levita (que é como um ministro de louvor) passou por ali. Olhou e também foi embora pelo outro lado da estrada. Este também não havia aprendido a amar o seu próximo (Figura 9)

(mostrar o rostinho triste).

Mas, um samaritano (Figura 10) (Os judeus odiavam os samaritanos, eram tidos por inimigos de Israel, por pessoas imundas) que estava viajando por aquele caminho chegou até ali. Quando viu o homem, ficou com muita compaixão, que significa amor, significa que ele se colocou no lugar deste homem. Ele pensou, “isso poderia ter acontecido comigo ou com um familiar, vou ajudá-lo” Isso é compaixão (erguer o rostinho alegre).

Chegou perto do homem ferido, limpou os seus ferimentos com azeite e vinho e em seguida os enfaixou. Depois disso, o samaritano colocou-o no seu próprio animal e o levou para uma pensão,  onde cuidou dele. Figura 11 (erguer o rostinho alegre)

No dia seguinte, entregou duas moedas de prata ao dono da pensão, dizendo: – Tome conta dele.

Quando eu passar por aqui na volta, pagarei o que você gastar a mais com ele. (erguer o rostinho alegre)

Então Jesus perguntou ao professor da Lei: -Na sua opinião, qual desses três foi o próximo do homem assaltado?

Aquele que o socorreu! -respondeu o professor da Lei muito envergonhado.

E Jesus disse: – Pois vá e faça a mesma coisa.

Aplicação

O amor não é apenas um sentimento. É uma decisão de se importar com outras pessoas e considerá-las superiores a si mesmo, oferecendo ajuda quando estiverem em dificuldades.

Use alguns exemplos para mostrar reações negativas e outras positivas às necessidades, e peça para as crianças erguer as carinhas dependendo da ilustração que você relatar.

Por exemplo diga: Uma criança andando de muletas, ela tem dificuldade de carregar o material da escola, uma criança passa por ela e se desculpa dizendo que não pode ajudar porque esta muito apressada, outra criança passa perto e ignora a criança de muletas, fazendo de conta que não esta vendo; uma terceira diz palavras bondosas mas não toma qualquer atitude. Mas depois aparece uma quarta criança que com muito amor pega o material da criança de muletas e os carrega e ainda se dispõe a fazer isso todos os dias.

Peça agora para as crianças levantar a mão e contar alguma boa ou má atitude que tiveram com o próximo. (as outras erguerão os rostinhos dependendo do relato)

Amor não é uma questão de palavras, mas de ação.

Se você ama realmente a Deus mostre o amor d’Ele a outros por meio de seus atos. O amor cristão não é egoísta; ele busca sempre o melhor para todos. Tal amor é um presente de Deus e evidencia que você e eu conhecemos Jesus como Salvador (João 13.35). ••O que teria acontecido com este judeu se o Samaritano não tivesse ajudado?

Quem é o seu próximo?

Tem alguma pessoa ou coleginha que você tem ignorado ajudar? Por quê? O que você pode fazer por elas? O que você fará para mostrar o amor de Deus nesta semana?

Oremos:

Peçamos a Deus que nos ajude a notar pessoas ao nosso redor que estejam com problemas, peçamos um coração bondoso para que possamos abençoar ao próximo. Deus nos dará poder para amá-las de maneira prática. (1 João 3.18).

Baixe estas imagens para usar como atividade para esta lição

Baixar

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.