Cidade Bíblica – Harã

Harã foi outrora uma rica cidade mercantil perto da estrada que vai de Nínive a Alepo. O lugar, situado hoje em dia em território turco, encontra-se a 32 quilômetros ao sul de Edessa (Urfa) perto do Balic, um afluente do Eufrates.

Harã foi outrora uma rica cidade mercantil perto da estrada que vai de Nínive a Alepo. O lugar, situado hoje em dia em território turco, encontra-se a 32 quilômetros ao sul de Edessa (Urfa) perto do Balic, um afluente do Eufrates.

As escavações realizadas em meados do século XX permitiram datar um assentamento de 2000 a.C., o que confirma um texto de Mari, que nessa mesma época menciona um templo do deus da lua Sin em Harã.

Este santuário, que foi restaurado sob os reinados de Salmanasar III, Assurbanipal e Nabonido da Babilônia, provavelmente encontra-se debaixo das muralhas da fortaleza dos fatimidas e dos cruzados da Idade Média.

Segundo a lenda, Abraão e seu pai Terá, que vieram de Ur, estabeleceram-se primeiro em Harã. Daqui Abraão partiu em direção à Canaã e aqui também viveram Jacó com Lia e Raquel, as filhas de Labão.

As antigas ruínas por volta do pequeno povoado de Harã provém na maioria da época romana, quando este lugar, então chamado Karrhai (Carrhae), desempenhava um importante papel nos conflitos com os partos e armênios. O imperador Caracalla foi assassinado aqui no ano 216 d.C. Ainda é possível observar as muralhas da cidade com as sete portas, construídas pelo rei Adad Nirari I da Assíria (por volta de 1300 a.C.).

Texto extraído do Livro “Arqueologia da Bíblia”, de Werner Keller – Editora Folio – 2008

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.