Brincadeira do Dominó Bíblico

O primeiro participante diz um nome da bíblia (pode se convencionar só nomes de pessoas, cidades).

2 – o próximo participante deverá dizer um nome começado com a última letra do nome mencionado pelo anterior. Por exemplo : 1) Moisés – 2 ) Samuel – 3 ) Lameque – 4 ) Esaú – 5 ) Urias, etc.

3 – em caso de dúvida quanto a grafia ou existência do nome, o participante deve mostrar a passagem onde este. Nome é citado ou ter um tempo ( 30 segundos ? , 1 minuto ? ) para acha-lo em sua bíblia. Caso não o encontre, Está fora, mesmo que durante este tempo lembre de outro nome ( p/ evitar alegações de que o achou enquanto Procurava o nome discutido ).

4 – único nome bíblico fora da brincadeira: félix (não existem nomes na bíblia começados com x ).

5 – à medida que os participantes ou não lembram, ou esgotam o tempo concedido a eles, vão sendo eliminados. O último a dizer um nome é o vencedor desde que se lembre de mais um nome começado com a letra da sequencia. Por exemplo: restando apenas 2 participantes 1 deles diz o nome Onésimo. Caso o outro participante não se lembre de nenhum nome começado com a letra “o”, o participante que disse Onésimo deverá dizer outro nome começado com “o”, como orfa, onã, onri, etc, para ser o vencedor. Caso nenhum dos dois se lembre, haverá empate.

6 – à medida que os desbravadores vão descobrindo as genealogias, para mante-los no verdadeiro objetivo do jogo que é estimulo ao estudo da bíblia, pode-se dificultar o uso deste recurso através da obrigatoriedade de dizer alguma coisa a respeito do personagem em questão, o que no caso das genealogias força-los-á a decorarem no mínimo o nome do pai do sujeito em questão (por exemplo : orem filho de Jerameel – i cron. 2 : 25 ).

7 – também é eliminado da brincadeira quem repetir algum nome já dito anteriormente, por isso é útil que cada participante vá fazendo uma lista do nomes ditos, ou em caso de estar em sala, ser feita esta anotação no quadro.

8 – outra opção é a de se fazer o jogo em pequenos grupos (2 ou 3 ) no máximo, onde cada grupo sugere um nome, em vez de individualmente, especialmente se houver muitos juvenis não adventistas no clube. (problema : devido a necessitar de mais tempo para as confabulações, desta forma é mais demorado).

9 – para que se possa fazer várias rodadas, e premiar vários participantes, recomenda – se o uso de prêmios de valor baixo, como bombons, adesivos, canetas, revistas, etc. Em caso de empate, premiar a ambos. Não esquecer de dar algum prêmio de consolação aos demais participantes.

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.