A Tua Graça me Basta!

A graça (favor imerecido) de Deus tem bastado a você na tribulação? Em algo que Deus ainda não te respondeu ou te disse não?

Quem já experimentou o que o apóstolo Paulo diz em 2 Coríntios 12.10: “Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte” – sabe do que estou falando.

Essa falta de força de que Paulo fala não é uma fraqueza daquele que está prestes a cair em tentação e se desviar do Caminho. Esse estar fraco é a consciência de que nada somos e que, mesmo sendo fiéis ao Senhor, podemos estar sendo atribulados pela Sua Soberana permissão.

Lembra do “espinho” na carne de Paulo, desse homem extremente fiel e zeloso a Deus? Algo existia em sua vida, que o incomodava profundamente. Ele pediu ao Senhor para que esse “espinho” se desviasse dele, mas Deus respondeu: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.” 2 Coríntios 12.9a

Quando recebeu essa resposta, Paulo não fez birra e nem ficou depressivo. Ele simplesmente disse: “De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.”(2 Coríntios 12:9b”
“De boa vontade”, ele disse! Que resposta!

Senhor, me ajude a conviver com os meus “espinhos” de boa vontade, sabendo que eles também são instrumentos de tua obra em minha vida. Na tribulação, me ajuda a profetizar pela fé: “Eu estou fraco, mas eu sou forte para enfrentar essa situação, porque a Tua Graça me basta!

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.