A Paternidade de Deus

“Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo. Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” – João 1:9-13

A paternidade de Deus

A maior tragédia ocorrida na terra foi o homem ter recusado a “luz” do mundo: JESUS. O mundo ignorou a luz. Amou mais as trevas do que a luz. Porém, todos os que o receberam Deus deu o poder de serem feitos seus filhos; a saber, os que não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

A notícia mais maravilhosa é que Deus, aquele que governa o universo e sustenta todas as coisas pela Palavra do seu Poder, é o nosso Pai. Ele não tem a vara para castigar, mas, tem os braços abertos para receber seus filhos.

O que é paternidade?

Deus nos ensina que o processo da disciplina é maravilhoso. Não podemos ter pressa e nem ira. Não transmitir ira para nossos filhos. A disciplina visa acabar com alguma coisa em nossa vida, e tudo isso por um motivo muito especial: o amor. Aleluia! Deus é cheio de compaixão. As vezes pensamos que Ele está nos confundindo. Negativo, Deus está demonstrando seu cuidado e amor por cada um de nós.

Três coisas importantes na paternidade

1) Temos privilégios

Privilégio é uma condição de vantagem atribuída à uma pessoa ou grupo em comparação aos demais. O privilégio garante ressalvas e imunidades que destacam o indivíduo perante outros, dando-lhe direitos especiais além dos comuns a todos.

Primeiro privilégio: ADOÇÃO

O que é adoção?

Tínhamos perdido tudo, não tínhamos nenhum direito. Perdemos nossa identidade e nossa paternidade. Jesus veio e nos concedeu perdão, nos lavou, nos redimiu através da obra da Cruz. Além de tudo isso, Ele renunciou o ser unigênito para ser o primogênito entre muitos irmãos, nos adotando como co-herdeiros juntamente com Ele.

– Ganhamos identidade.
– Acesso ao Pai.
Proteção e Vida eterna.

Quando um casal adota uma criança, essa criança passa a ter os mesmos privilégios dos demais filhos naturais.

Segundo privilégio: ACEITAÇÃO

Jesus veio ao mundo, em primeiro lugar, para agradar ao coração do Pai. Pai, se o Senhor quer ser Pai de muitos filhos, Eu decido Te obedecer e vou cumprir essa missão. Aleluia!

Pai, porque me desamparaste? A solidão do Filho. Você já sentiu solidão? O Pai recebeu o sacrifício. Está consumado! A porta se abriu para que todos pudessem ser adotados. O inimigo ficou desnorteado, envergonhado e confuso, pois, Jesus triunfou na cruz do Calvário. Deus nos aceitou.

Terceiro privilégio: LEGITIMIDADE

Registrar com o mesmo sobrenome. Agora você é nosso, você estava perdido e Eu o achei, chamei-te pelo nome, Te recebi, agora tu és meu. O exemplo do filho pródigo em Lucas 15. O Pai dá legitimidade a quem não tinha nenhum direito. Dá-nos vestes novas, põe um anel em nosso dedo e prepara um carneiro cevado. Glórias ao Pai!!!

Quarto privilégio: INTIMIDADE

Agora fazemos parte do circulo íntimo do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Deus quer ter relacionamento conosco.

– Somos da família de Deus. 

Assim já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus. – Efésios 2:19

– Não há solidão.

Pai dos órfãos e juiz das viúvas é Deus em sua santa morada. Deus faz que o solitário more em família; tira os cativos para a prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril. – Salmos 68:5-6

– Não há acepção de pessoas.

Então, falou Pedro, dizendo: Reconheço, por verdade, que Deus não faz acepção de pessoas; pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável. – Atos 10:34-35

E vós, senhores, de igual modo procedei para com eles, deixando as ameaças, sabendo que o Senhor, tanto deles como vosso, está nos céus e que para com ele não há acepção de pessoas. – Efésios 6:9

Quinto privilégio: IDENTIDADE

– Estamos escritos no livro da vida.

Nela, nunca jamais penetrará coisa alguma contaminada, nem o que pratica abominação e mentira, mas somente os inscritos no Livro da Vida do Cordeiro. – Apocalipse 21:27

– Temos um nome: “filhos”

Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo. Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. – 1 João 3:1-2

– Temos acesso ao Pai.

Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. – João 14:6

E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. 14Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. Se me amais, guardareis os meus mandamentos. – João 14:13-14

– Temos o selo do Espírito.

Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai. O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. – Romanos 8:14-16

Sexto privilégio: VIVEMOS PROTEGIDOS

– Não há mais condenação.

Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus – Romanos 8:1

– Acabou-se a maldição.

Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro. – Gálatas 3:13

– Estamos cobertos.

Estamos protegidos pelo nosso Pai.

Leia Salmos 91

Sétimo privilégio: TEMOS VIDA ETERNA

– Vida nova. 2 Coríntios 5: 17
– Vida abundante. João 10:10
– Vida dinâmica.

E a vida eterna e esta: que te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste – João 17:3

ONDE HÁ VIDA, HÁ REPRODUÇÃO.

Oitavo privilégio: TEMOS HERANÇA

– Herdeiros de Deus. – Co- herdeiros com Cristo.

O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados. – Romanos 8:16-17

– Herdeiros da sua graça, do seu amor, das suas virtudes, de sua autoridade, do seu poder, das nações e da sua missão.

2) Temos responsabilidades

Viver sob disciplina.
– Ser formados.
Compromisso total sob o senhorio de Cristo.
– Viver em unidade e amar nossos irmãos.
Andar no Espírito.
– Abençoar os que nos rodeiam.
Servir com nossos bens e dinheiro.

Andar no Espírito é andar no Espírito de Cristo, fazendo a vontade do Pai. Andando debaixo do governo do Senhor, (não é misticismo) é pé no chão.

A obra fica impedida de progredir porque somos egoístas. A obra precisa de recursos para servirmos ao Senhor. Isso não é gasto é investimento.

Precisamos nos graduar na Escola de Economia de Deus. Dar sem nenhum interesse.

3) Temos transcendência

– Como filhos devemos marcar presença. Sal e Luz da terra. – Mateus 5:13-16
– Dar testemunho proclamando o Senhor. Romanos 10:14
Fazer discípulos. Mateus 28:18-20
– Ter a mentalidade de conquista.
– Assumir com fé o desafio do Senhor.
– Preservar os valores do Reino. Esse é o papel da igreja.
– TEMOS QUE FAZER PRESENÇA – SOMOS FILHOS DE DEUS

Como você conheceu o Um Só Corpo?

  • Inclua outra resposta

Compartilhe com seus irmãos e amigos


ou copie este link e envie para seus contatos

Seja o primeiro a comentar!



* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do site e passarão por aprovação do administrador.